Banca de DEFESA: MARIA PASCOA DO VALE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA PASCOA DO VALE
DATA: 25/02/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório B do CCHLA
TÍTULO:

DE BARRA DO RIO AOS PARRACHOS: DUAS REALIDADES SOCIORGANIZACIONAIS NO LITORAL NORTERIOGRANDENSE


PALAVRAS-CHAVES:

Capital Social. Associação. Apropriação. Discurso do Sujeito Coletivo.


PÁGINAS: 115
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
SUBÁREA: Sociologia do Desenvolvimento
RESUMO:

Observando que o capital social é considerado de fundamental importância para consolidação de uma associação, este trabalho procura analisar como diferentes grupos associativistas absorvem o conceito sobre associação e de que forma conseguem dar encaminhamento em suas ações voltadas para o interesse social. A investigação teve como objetivo central avaliar duas formas de associativismo, fundamentada na conceituação de Pierre Bourdieu (1980) sobre capital social, que salienta que a sua distribuição e percepção são desiguais e depende da capacidade de apropriação de diferentes grupos sociais. Nesse sentido, tomaram-se por base duas organizações uma em Barra do Rio e outra em Maracajaú que tem como principal atividade a exploração turística no litoral norteriograndense. A metodologia adotada para entender o discurso dos membros associados e da comunidade local fora pautada no método de Análise do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), proposto por Levevre & Lefevre (2002). Organizado em descrições através de entrevistas estruturadas - com questões abertas - chegando ao pensamento unificado do grupo estudado através de instrumentos de análise de dados, quali/quantitativo. Depois de tratados os dados, evidenciou-se que, apesar do propósito para o associativismo tenha sido motivado pela exploração nas duas organizações, cada uma se apropria de forma diferente o seu capital social. Enquanto que em uma permeia sentimentos de união, confiança e satisfação do trabalho em grupo, na outra, esses sentimentos são sufocados pelo individualismo, pela desconfiança entre seus membros que, apesar de verem o associativismo como algo importante para o crescimento e fortalecimento do grupo, trabalha individualmente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1121285 - FERNANDO BASTOS COSTA
Interno - 1164161 - IRENE ALVES DE PAIVA
Externo à Instituição - WAGNER DE SOUZA LEITE MOLINA - UFSCAR
Notícia cadastrada em: 18/02/2013 11:09
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao