Banca de QUALIFICAÇÃO: PRISCILA SILVA MARTINS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PRISCILA SILVA MARTINS
DATA : 20/11/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala Virtual através do link: https://us02web.zoom.us/j/84234347631?pwd=aWIxYWF6T0lmWE02UHdUaElrdHEr
TÍTULO:

ANÁLISE FUNCIONAL E DE EQUILÍBRIO POSTURAL DE IDOSOS COM PROVÁVEL DOENÇA DE ALZHEIMER EM FASE GRAVE: UMA SÉRIE DE CASOS


PALAVRAS-CHAVES:

Idoso, doença de Alzheimer, equilíbrio postural, cognição, desempenho funcional.


PÁGINAS: 55
RESUMO:

A doença de Alzheimer (DA) é uma síndrome demencial com rápida ascensão e que mais afeta a população mundial, sendo uma doença neurodegenerativa progressiva e irreversível que ocasiona a deterioração das faculdades intelectuais, funcionais e motoras, como o equilíbrio postural. Objetivo: analisar os dados clínicos-cognitivos, funcionais e de equilíbrio postural em idosos na fase grave da DA. Método: Trata-se de um estudo observacional, transversal e descritivo realizado no Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (CREASI) em Natal/RN, sendo avaliados sete idosos com idade igual ou superior a 60 anos e estadiamento em CDR3. Foram utilizados os instrumentos: Mini Exame de Estado de Saúde Mental (MEEM); Teste do desenho do Relógio (TDR); Teste de Fluência Verbal (TFV); Teste Timed-Up-and-Go Test (TUGt); Teste Clínico de Interação Sensorial e Equilíbrio (CTSIB) e o Questionário de Atividades Funcionais. Os dados foram interpretados por meio de uma análise descritiva simples. Resultados: Observou-se prejuízo funcional para as AIVDs (24,2); para a mobilidade no TUG simples (tempo 28,1 e passos 24), TUG cognitivo (tempo 30,1 e passos 27,8) e TUG motor (tempo 27,8 e passos 26,7). Além disto, observou-se prejuízo cognitivo pelo MEEM (4,1), TDR (1,1) e TFV (1,4), bem como no equilíbrio postural, com médias nas condições: OASF (30), OFSI (27,1), OASI (9,6) e OFSI (11,1). Conclusão: Os resultados apontam que idosos com DA na fase grave apresentam importante dependência funcional, na mobilidade, e alterações importantes nas funções cognitivas, como na linguagem, funções executivas, memória e atenção.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2090691 - JULIANA MARIA GAZZOLA
Externa à Instituição - JULIANA VENITES
Externa à Instituição - LUCIANE TEIXEIRA SOARES
Notícia cadastrada em: 16/11/2020 12:38
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao