Banca de QUALIFICAÇÃO: LIDIA SILVA DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LIDIA SILVA DE SOUZA
DATA : 25/11/2020
HORA: 11:00
LOCAL: Sala Virtual RUTE do HUOL através do link: https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/posgraduacao-huol
TÍTULO:

Telemonitoramento da percepção das mães de crianças com risco para Transtorno do Espectro Autista quanto ao perfil comunicativo de seus filhos no contexto da pandemia de COVID-19


PALAVRAS-CHAVES:

Desenvolvimento Infantil; Desenvolvimento da Linguagem; Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem; Transtorno do Espectro Autista; Telemonitoramento.


PÁGINAS: 37
RESUMO:

Introdução: A identificação dos primeiros sinais de risco para o Transtorno do Espectro Autista (TEA) pela própria família é um fundamental para que haja busca por auxílio profissional e diagnóstico precoce. Com a pandemia de COVID-19 o telemonitoramento tornou-se uma possível alternativa para acolhimento e acompanhamento de famílias cujos filhos possuem suspeita de transtornos da comunicação. Objetivo: Investigar quais as queixas iniciais a respeito da comunicação e interação social de mães cujos filhos apresentam suspeita de TEA, além de verificar se a percepção dessas mães é modificada por orientação profissional especializada. Método: Esta pesquisa está sendo realizada por meio de um estudo observacional, prospectivo, transversal e analítico. Trata-se de um estudo de série de casos, não controlado, cuja análise de dados envolve a combinação de métodos qualitativos e quantitativos. A amostra é composta por mães cujos filhos apresentam indicadores clínicos de risco para o Transtorno do Espectro Autista e que buscam atendimento no Serviço Multidisciplinar de Atenção ao Espectro do Autismo do Instituto Santos Dumont. O telemonitoramento será realizado antes, durante e após um programa de orientação com as mães. Assim a coleta de dados prevê três etapas em formato remoto e que envolvem a aplicação de questionários de forma dialogada. Os dados serão analisados por estatística descritiva e inferencial comparando as etapas de coleta.  Resultados esperados: Esperamos que ao final do estudo seja possível identificar as primeiras dificuldades comunicativas percebidas por estas mães, e que a percepção destas mães se torne mais precisa após orientação profissional.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2321749 - ANA MANHANI CACERES ASSENCO
Externa à Instituição - JULIANA IZIDRO BALESTRO
Externa à Instituição - SAMANTHA SANTOS DE ALBUQUERQUE MARANHÃO
Notícia cadastrada em: 04/11/2020 10:51
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao