Banca de DEFESA: THALINNY DA COSTA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THALINNY DA COSTA SILVA
DATA : 27/09/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala da Rede Universitária de Telemedicina - RUTE no Hospital Universitário Onofre Lopes - HUOL.
TÍTULO:

TESTE DÍGITOS NO RUÍDO BASEADO EM SOFTWARE PARA PORTUGUÊS BRASILEIRO PARA TRIAGEM DO TRANSTORNO DO PROCESSAMENTO AUDITIVO



PALAVRAS-CHAVES:

Audição; Transtornos da Percepção Auditiva; Programas de Rastreamento; Confiabilidade dos Dados.


PÁGINAS: 40
RESUMO:

Objetivo: 1) Revisar a literatura referente a eficácia de instrumentos de triagem do Transtorno Processamento Auditivo (TPA); 2) Comparar relação sinal/ruído (RSR) final do Teste Dígitos no Ruído (TDR) em crianças com TPA, com crianças típicas, e analisar acurácia dos instrumentos TDR, SCAN e QFISHER. Metódo: No estudo 1, foi realizada busca em seis bases de dados e na literatura cinzenta. Analisado risco de viés dos artigos incluídos através do QUADAS 2. No estudo 2 a amostra de conveniência foi constituída por 30 crianças, sendo 23 com TPA (G2) e sete sem o transtorno (G1), de 8 a 12 anos. Realizada avaliação audiológica básica; timpanometria; reconhecimento numérico visual; TDR; triagem de processamento auditivo; e avaliação comportamental do processamento auditivo para diagnóstico do TPA. A análise utilizou RSR final do TDR comparando G1 e G2. Calculada acurácia dos três instrumentos com nível de significância de 5%. Resultados: Do estudo 1 foram identificados 1.114 artigos. Na análise de título e resumo, 24 artigos passaram para análise completa, permanecendo cinco após esta. Três artigos apresentaram alto risco de viés em pelo menos um domínio. Enquanto ao estudo 2, observou-se média da RSR de -7,25 dB nos sujeitos do G2 e -8,34 dB no G1. Conclusões: No estudo 1,todos os instrumentos apresentam boa especificidade, contudo, apenas o STAP e sete testes da bateria alemã são sensíveis na identificação do TPA. Em relação ao estudo 2, o desempenho no TDR de crianças com TPA é semelhante ao de crianças sem transtorno.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - DEBORAH VIVIANE FERRARI - USP
Externa ao Programa - 1717611 - JOSELI SOARES BRAZOROTTO
Presidente - 1804274 - SHEILA ANDREOLI BALEN
Notícia cadastrada em: 06/09/2019 16:27
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao