Banca de DEFESA: LIBNA LAQUIS CAPRISTANO QUENTAL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LIBNA LAQUIS CAPRISTANO QUENTAL
DATA : 07/02/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Defesa virtual
TÍTULO:

 

CHECK-LIST DE CUIDADO SEGURO NA URGÊNCIA HIPERTENSIVA GESTACIONAL: CONSTRUÇÃO COLETIVA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM.


PALAVRAS-CHAVES:

Hipertensão induzida pela gravidez. Segurança do Paciente. Educação Interprofissional. Emergência.


PÁGINAS: 130
RESUMO:

A mortalidade materna em todo o mundo é um indicador inaceitavelmente alto e reflete as condições de acesso à saúde e cuidados qualificados ofertados. Dessas mortes, 75% incluem como principais causas os distúrbios hipertensivos e hemorrágicos, infecções e complicações em decorrência de complicações no parto ou abortamentos inseguros. No contexto dos distúrbios hipertensivos na gestação, estão a Hipertensão Gestacional, Pré-eclâmpsia, Eclampsia, Hipertensão Crônica sobreposta à pré-eclâmpsia e a Síndrome HELLP, que são responsáveis por complicações maternas multisistêmicas e perinatais. O cuidado apoiado na segurança e qualidade em situações que possuem potencial risco para complicações deve ser priorizado, tendo como ponto fundamental o treinamento e as discussões coletivas envolvendo a equipe de saúde. Objetivou-se construir um check-list de cuidado seguro na urgência hipertensiva gestacional, de forma coletiva com a equipe de saúde. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa desenvolvida por meio de uma Pesquisa Convergente Assistencial, a partir de três etapas sequenciais a realização de uma entrevista semiestruturada, a realização de grupos de convergência e elaboração do produto (Check-list de cuidado seguro na urgência hipertensiva gestacional). Estas etapas foram mediadas pela técnica do Design Thinking. O estudo ocorreu em uma maternidade de risco habitual de um município da região metropolitana do Rio Grande do Norte, tendo como participantes enfermeiros e técnicos em enfermagem, que atuam na unidade de classificação de risco e pronto atendimento obstétrico. A primeira etapa da coleta de dados, correspondeu as etapas de empatia e definição do problema do Design Thinking, e consistiu na realização de uma entrevista semiestruturada, que contou com a participação de 16 profissionais, e teve por objetivo de caracterizar os participantes e conhecer suas percepções quanto ao cuidado desenvolvido pela equipe nas situações de urgências hipertensivas e subsidiou o planejamento para a execução das etapas seguintes. A segunda etapa do procedimento de coleta de dados, correspondeu a etapa de idear do Design Thinking, e ocorreu através da realização de Grupos de Convergência, com um encontro remoto, realizado através da plataforma Google Classroom, onde os participantes tiveram acesso a Card’s educativos, com vistas à aproximar os participantes à temática do estudo. Os encontros dos Grupos de Convergência presenciais ocorreram no local onde a pesquisa

desenvolveu-se em dois momentos, com participantes distintos, onde foi retomado a discussão quanto aos aspectos conceituais da urgência hipertensiva na gestação através de um jogo interativo. Na sequência, foi apresentado um vídeo, com o objetivo de suscitar reflexões sobre o trabalho em equipe. Deste modo, após assistirem, os participantes foram convidados a apresentar suas percepções sobre os aspectos facilitadores e desafiadores para o trabalho em equipe, a partir das quais foram criadas nuvens de palavras no Mentimenter. Na sequência realizou-se uma apresentação expositiva dialogada sobre o sequenciamento na assistência à urgência hipertensiva gestacional. Nesta etapa do estudo participaram 12 profissionais. A última etapa da coleta de dados ocorreu mediada pela prototipagem do Design Thinking, onde os participantes foram convidados a definir os itens que consideravam relevantes para cada momento assistencial. Nesta etapa participaram 09 profissionais. A pesquisa se desenvolveu a partir de parecer favorável do Comitê de Ética e Pesquisa (CEP) conforme o CAAE nº 44706221.3.0000.5537, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e aceite dos participantes. Durante o procedimento de coleta de dados, as falas dos participantes foram gravadas, posteriormente transcritas na íntegra no Microsoft Word® e analisadas com o auxílio do software ATLAS-ti®, versão 9. A partir da análise dos dados emergiram três categorias e subcategorias: (1) Contextualizando o cuidado seguro no contexto da urgência hipertensiva gestacional, com suas três subcategorias; (2) Contextualizando o trabalho em equipe nas situações de urgência hipertensiva gestacional, com duas subcategorias e (3) Definindo coletivamente os itens para um Check-list de cuidado seguro na urgência hipertensiva gestacional, com três subcategorias. Os dados coletados, permitiram à pesquisadora a identificação das lacunas de conhecimento e temas emergentes para planejar as etapas de dados, possibilitou um espaço para reflexões coletivas quanto ao processo de trabalho no contexto estudado, onde a equipe, através da utilização de técnicas que estimulavam a participação ativa, o raciocínio crítico e suscitava questionamentos, teve a oportunidade de refletir quanto a possíveis soluções para os problemas vivenciados na prática profissional, assim como materializar as ideias através da construção colaborativa de um protótipo, que subsidiou a construção do Check-list de cuidado seguro em enfermagem na urgência hipertensiva gestacional.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2207229 - SIMONE PEDROSA LIMA
Interna - 2568454 - ELISANGELA FRANCO DE OLIVEIRA CAVALCANTE
Externa à Instituição - MÔNICA CECÍLIA PIMENTEL DE MELO - UNIVASF
Notícia cadastrada em: 22/01/2022 07:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao