Banca de QUALIFICAÇÃO: LILIAN PATRICIA SILVA DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LILIAN PATRICIA SILVA DE SOUZA
DATA : 12/09/2019
HORA: 15:30
LOCAL: Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - ESUFRN
TÍTULO:

O MITO DA CAVERNA NA ATUALIDADE: História de vida de pessoas em situação de rua ostomizadas atendidas pelo CRA-RN


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave: Pessoas em Situação de Rua; Transição; Vivência; Ostomia; Memória; História Oral; Pesquisa Qualitativa


PÁGINAS: 39
RESUMO:

O estudo “o mito da caverna na atualidade: História de vida de pessoas em situação de rua ostomizadas atendidas pelo CRA-RN” tem a condição de “morar” na rua como procedimento primordial para se repensar a relação entre usuários de saúde ostomizados e os desdobramentos decorrentes. O estoma é uma abertura de qualquer víscera oca através do corpo, em situações diversas, recebendo denominações específicas, de acordo com o segmento a ser exteriorizado; podem ser temporárias ou definitivas. Quando essa exteriorização ocorre em algum segmento do intestino, para eliminação de fezes ou secreções, a denominamos de colostomia (abertura no cólon) e ileostomia (abertura no íleo). O impacto do estoma afeta emocional e fisicamente a vida desses usuários. Objetivando refletir acerca desse impacto, o presente estudo procurará, através das narrativas de vida, resgatar suas vivências desde o início da vivencia nas ruas até os instantes de uso da colostomia. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, com abordagem qualitativa, que objetiva analisar narrativas de pessoas em situação de rua ostomizadas atendidas no Centro de Reabilitação Adulto/CRA de um estado do Nordeste do Brasil, que estão em situação de rua e propor melhorias na atenção prestada visando atendimento integral, superação de estigmas e preconceitos. Conhecer os motivos que levaram os (as) pessoas em situação de rua (as) a “optar” pela rua como “moradia”, buscaremos pessoas atendidas no CRA que possam falar sobre a vivência das ruas e as relações interpessoais nessas comunidades. Assim como, analisar como percebem as relações interpessoais e vivencias pós ostomia. Os dados serão levantados em dois momentos: pesquisa documental realizada nas fichas de atendimento do CRA, em setembro a outubro de 2019; e entrevistas orientadas pela abordagem da história oral temática, realizadas com pessoas em situação de rua atendidos pelo CRA, entre setembro e outubro de 2019. Para organização e categorização dos dados das entrevistas, construção de diagramas e memorandos, será utilizado, como ferramenta tecnológica, o software Atlas ti, versão 7.1.8. Para análise dos dados, utilizar-se-á a análise de conteúdo temática. O projeto de pesquisa será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 9350807 - ELIANE SANTOS CAVALCANTE
Externa ao Programa - 2527879 - SANDRA MICHELLE BESSA DE ANDRADE FERNANDES
Externo à Instituição - JOAO MARIO PESSOA JUNIOR - UFERSA
Notícia cadastrada em: 20/08/2019 16:12
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao