Banca de QUALIFICAÇÃO: ARTHUR FELIPE MATIAS ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ARTHUR FELIPE MATIAS ALVES
DATA : 16/07/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Google Meet: meet.google.com/tbs-eifb-zzb
TÍTULO:

ECO-COMPÓSITO DE PET RECICLADO COM REJEITO DA INDÚSTRIA E USO DE ADITIVOS PARA POTENCIAL APLICAÇÃO EM TÊXTEIS TÉCNICOS


PALAVRAS-CHAVES:

Rejeito de escovadeira, argila montmorilonita, poli(tereftalato de etileno) reciclado, compósito hibrido, EMA-GMA e EBGMA


PÁGINAS: 80
RESUMO:

Trabalhos envolvendo o estudo de materiais compósitos com o objetivo de atender as mais diversas necessidades do mercado consumidor estão sendo cada vez mais desenvolvidos. Eles possuem como grande vantagem e uma maior possibilidade de aplicação quando comparado a utilização de sua matriz de forma isolada. Atrelado a isso, os compósitos híbridos se tornam uma opção de relevância por fornecer propriedades variadas de acordo com a ação combinada das cargas implementadas. O rejeito do processo de escovadeira do beneficiamento têxtil (RE) é um subproduto com alto teor de celulose proveniente da indústria. A argila montmorilonita (MMT) é uma carga organicamente modificada capaz de melhorar a resistência ao calor, módulo de elasticidade e diminuição da inflamabilidade. O objetivo desse trabalho é o desenvolvimento de um material compósito híbrido utilizando dois tipos de cargas, como fase dispersa na matriz de poli(tereftalato de etileno) reciclado (PETrec). Além disso, o terpolímero etileno – acrilato de butila – metacrilato de glicidila (EBGMA) e o terpolímero de etileno – acrilato metila – metacrilato de glicidila (EMA-GMA) serão utilizados como agentes de compatibilização química, tendo como objetivo melhorar as propriedades do compósito híbrido com matriz de PETrec. Todas as formulações foram preparadas em duas etapas, a primeira etapa em uma extrusora de rosca simples usado para a incorporação da carga na matriz polimérica e uma extrusora dupla rosca foi usado para realizar a misturas desta carta no compósito hibrido, com a subsequente moldagem por injeção de corpos de prova segundo a norma ASTM D638. Os compósitos PET/RE passaram por testes preliminares para avaliação de suas propriedades, composição e comprimento de fibra antes e depois da mistura por extrusão. Todos os compósitos híbridos poliméricos foram caracterizados por medidas de índice de fluidez (MFI), tração uniaxial e dureza Shore D. Os resultados reológicos e mecânicos foram realizados para identificar as melhores  formulações de compósitos híbridos poliméricos que possuem potencial capacidade de ser utilizadas em aplicações têxteis, além de verificar quais dos tipos de agentes de compatibilização interfacial que apresentam maior sinergismo de propriedade na produção de fios têxteis. Concluiu-se que os resultados obtidos nesta etapa de qualificação de projeto fornecem condições para prosseguir para a próxima etapa da dissertação de mestrado, cujo objetivo é obter e caracterizar esses filamentos com espessura constante e menor diâmetro dependendo do acessório em desenvolvimento com este objetivo aplicado aos filamentos têxteis.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1639676 - EDSON NORIYUKI ITO
Interno - 2239386 - JOSE IVAN DE MEDEIROS
Externa ao Programa - 1150673 - IRIS OLIVEIRA DA SILVA
Externa à Instituição - JUCIKLÉCIA DA SILVA REINALDO - UFRN
Notícia cadastrada em: 01/07/2021 19:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao