Banca de DEFESA: JOSE MENEZES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE MENEZES DA SILVA
DATA: 23/05/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Laboratório de Mecânica dos Fluidos - NTI/UFRN
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO USO DE SECADORES SOLAR DE CONVECÇÃO NATURAL E CONVECÇÃO FORÇADA PARA SECAGEM DO COCO LICURI


PALAVRAS-CHAVES:

Secagem solar. Semiárido. Licuri.


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

O objetivo do presente trabalho concentrou-se na avaliação da utilização da energia solar através do uso de secadores solar e forçada para secagem do coco licuri o deste estudo foi avaliar o para a secagem do coco licuri Syagrus coronata, bem como comparar com a secagem ao ar livre. Para tanto foi construído dois secadores solares constituídos basicamente de estruturas de madeiras, com cobertura de lamina de vidro transparente, camara de secagem e ,  A avaliação da eficiência do secador solar com convecção natural e por convecção forçada foi comparada a secagem ao ar livre nos seguintes aspectos: tempo e taxa de secagem, variação das condições ambientais e qualidade do coco licuri resultante da secagem. As amostras do coco licuri utilizadas nesse experimento foram obtidas em povoado de Ouricuri no município de Caldeirão Grande, Bahia. A mesma carga de licuri de 4,0 Kg foi submetida foi submetida, aos dois métodos de secagem. Os resultados obtidos indicaram que a estufa solar foi mais eficiente quanto ao tempo e a taxa de secagem. Os tempos de secagem nos secadores solares foram em torno de 3 a 5 vezes menores que a secagem ao ar livre. Mesmo quando as condições não eram propicias a secagem ao ar livre, a secagem com secador solar apresentou maiores temperaturas. O licuri seco em secador por convecção natural apresentou boa qualidade, mas foi observada uma mudança no sabor, o modelo com convecção forçada resolveu este problema, mas apresentou custo superior ao de  convecção natural. Esse secador foi construído com o propósito de solucionar uma das uma das dificuldades tecnológicas de produção mais eficiente e qualificada do coco licurí, levando a agregação de  a cultura extrativista e permitindo a completa utilização dessa oleaginosa, possibilitando melhor aproveitamento pelas comunidades carentes do município de Caldeirão Grande, o qual está localizado a cerca de 365 km de Salvador, capital da Bahia.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DJANE SANTIAGO DE JESUS - IFBA
Presidente - 348080 - JOSE UBIRAGI DE LIMA MENDES
Interno - 349104 - LUIZ GUILHERME MEIRA DE SOUZA
Notícia cadastrada em: 16/05/2012 12:24
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao