Banca de DEFESA: JOSE HENRIQUE BATISTA LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE HENRIQUE BATISTA LIMA
DATA: 02/05/2012
HORA: 13:30
LOCAL: Auditório do Setor de Aulas IV - UFRN
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO DE TÊXTEIS TÉCNICOS PARA REFORÇO DE COMPÓSITOS POLIMÉRICOS


PALAVRAS-CHAVES:

Têxteis técnicos; fibra de aramida; fibra de vidro; tecidos híbridos; compósito.


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

Os materiais denominados têxteis técnicos podem ser definidos como estruturas projetadas e desenvolvidas com a função de atender a requisitos funcionais específicos de diversos setores da indústria, caso da indústria automotiva e aeroespacial. Nesse aspecto, distinguem-se dos materiais têxteis convencionais, nos quais as necessidades estéticas e de conforto têm importância primordial. Com base nessas considerações, o tema dessa dissertação foi estabelecido tendo como enfoque principal o estudo do desenvolvimento de estruturas têxteis a partir de fibras de aramida e de vidro, atuando no sentido de elaborar a fabricação de materiais compósitos que combinem propriedades de duas estruturas diferentes, fabricadas em uma mesma operação, onde cada estrutura contribui para melhoria das propriedades do material compósito resultante. Para tanto foram desenvolvidas em escala laboratorial estruturas têxteis de baixa gramatura e composição diferenciada de aramida (100%), vidro (100%) e aramida/vidro (65/35%) para utilização como elemento reforçante em compósitos com matriz de poliéster. Os compósitos produzidos foram ensaiados em tração e sua superfície de fratura avaliada por MEV. Com base nas analises das propriedades mecânicas dos compósitos desenvolvidos, observou-se a eficiência das estruturas ou elaboradas como elemento reforçante tendo em vista que os valores de resistência dos compósitos foram muito superiores à matriz de poliéster. Também foi observado que a hibridização na estrutura dos tecidos foi eficiente, uma vez que os melhores resultados obtidos foram para os compósitos híbridos, onde a resistência na ruptura foi semelhante à do aço 1020, atingindo valores na ordem de 340 MPa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1235107 - GEORGE SANTOS MARINHO
Interno - 1510735 - DANILO ALVES PINTO NAGEM
Externo ao Programa - 1645481 - VIVIANE MUNIZ FONSECA
Externo à Instituição - FREDERICO GUILHERME DE CARVALHO CUNHA - UFS
Notícia cadastrada em: 27/04/2012 15:49
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao