Banca de DEFESA: JAIR JOVENTINO DE FREITAS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAIR JOVENTINO DE FREITAS
DATA: 21/07/2011
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

EFEITO DE ADIÇÕES POLIMÉRICAS NA ADERÊNCIA DE PASTAS DE CIMENTO A TUBOS METÁLICOS APÓS CICLAGEM TÉRMICA


PALAVRAS-CHAVES:

Compósitos cimentantes, revestimento de poços, aderência, poliuretana.


PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Mecânica
RESUMO:

Atualmente, os métodos com maior índice de sucesso de recuperação de óleos pesados são os térmicos, principalmente a injeção de vapor. Este método de recuperação coloca a interface revestimento metálico – bainha de cimento em ciclagem térmica, que devido à diferença de coeficientes de expansão entre os dois materiais, pode provocar o surgimento de trincas, possibilitando a passagem de fluidos pela bainha de cimento. Isto ocasiona sérios riscos sócio-econômicos e ambientais. Para tentar minimizar este problema, foi realizado um estudo que consiste em mensurar a resistência ao cisalhamento entre um tubo de aço e uma bainha de cimento. Ao material cimentante foram adicionados polímeros, como poliuretana e borracha reciclada triturada. A adição de polímeros visa melhorar a plasticidade do material cimentante e, assim, aumentar a aderência da pasta en durecida com o revestimento, bem como a energia de fratura do conjunto. Diante disso, a meta principal desse estudo foi avaliar a aderência de compósitos cimentantes para poços de petróleo com revestimentos metálicos após ciclagens térmicas simulando, as condições de variação de temperatura a que poços de petróleo são submetidos durante a recuperação de óleos pesados por métodos térmicos. Observou-se que com a adição de poliuretana houve uma melhoria significativa da aderência da interface revestimento metálico - bainha de cimento com relação à pasta padrão. Os melhores resultados obtidos foram com pastas contendo 10% de poliuretana, que apresentaram aumento de mais de 100% na resistência ao cisalhamento, em relação à pasta padrão. A adição de poliuretana à pasta de cimento contribui de forma significativa para reduzir o dano causado pela ciclagem térmica a bainhas de cimento, melhorando a segurança e as condições de produção de poços de petróleo sujeitos à recuperação secundária por métodos térmicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1298936 - ANTONIO EDUARDO MARTINELLI
Interno - 1350249 - RUBENS MARIBONDO DO NASCIMENTO
Externo ao Programa - 1715105 - WANDERSON SANTANA DA SILVA
Externo à Instituição - ALOISIO NELMO KLEIN - UFSC
Externo à Instituição - ULISSES TARGINO BEZERRA - CEFET-PB
Notícia cadastrada em: 19/07/2011 18:28
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao