Banca de DEFESA: JULIO CESAR DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: JULIO CESAR DOS SANTOS

DATA: 17/06/2011

HORA: 16:00

LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN

TÍTULO:

ANÁLISE DE CONFIABILIDADE DE UMA BOMBA CENTRÍFUGA: Aplicação na Injeção de Água para Recuperação de Petróleo


PALAVRAS-CHAVES:

Bomba centrífuga; Confiabilidade; Manutenção.


PÁGINAS: 85

GRANDE ÁREA: Engenharias

ÁREA: Engenharia Mecânica

RESUMO:

A necessidade da indústria do petróleo de produzir com o máximo de eficiência, sem esquecer os aspectos de segurança e meio ambiente, incentiva a otimização dos processos produtivos, buscando atingir um nível de excelência na aquisição de equipamentos, pelo qual se garanta a qualidade, sem prejuízo da segurança de instalações e de pessoas. Conhecer a confiabilidade de um equipamento, e o que esta representa para um sistema, é de fundamental importância para a estratégia de produção quando se visa o máximo de retorno sobre o capital investido. As técnicas de análise de confiabilidade vêm sendo cada vez mais aplicadas na indústria como uma ferramenta estratégica para a predição da probabilidade de falhas e a garantia da integridade dos processos. Alguns fundamentos e teorias na área de confiabilidade embasam as decisões de se utilizar cálculos estocásticos na estimativa de falhas de equipamentos. Esta dissertação propõe o uso de duas técnicas capazes de associar aspectos qualitativos, advindos de informações coletadas no campo - através de opiniões de especialistas -, e quantitativos, provenientes de bancos de dados de registros de falhas, elaborados por empresas do segmento petrolífero do mar do norte Europeu, mais conhecido como OREDA. Este trabalho trata do uso dessas duas técnicas, aplicadas em uma bomba centrífuga de um sistema de injeção de água produzida em dois cenários possíveis de operação. Os dados obtidos nas avaliações foram processados em software comercial de confiabilidade. Com o resultado desse hibridismo foi possível determinar seu ciclo de vida e qual será o impacto na produção caso este venha a falhar. O uso dessa técnica permitira orientar qual a melhor política de manutenção, ferramenta importante para a tomada de decisões estratégicas na gestão do ativo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 348122 - FRANCISCO DE ASSIS OLIVEIRA FONTES
Interno - 349577 - CLEITON RUBENS FORMIGA BARBOSA
Externo ao Programa - 347303 - MARCIANO FURUKAVA
Externo à Instituição - KLEIBER LIMA DE BESSA - UFERSA
Notícia cadastrada em: 09/06/2011 15:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao