Banca de QUALIFICAÇÃO: ALCIONE OLINTO GALVÃO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALCIONE OLINTO GALVÃO
DATA : 28/12/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 94 do Centro de Tecnologia - CT/UFRN
TÍTULO:

ADSORÇÃO DE ÍONS DE CÁDMIO A PARTIR DA HIDROXIAPATITA E DO BIOVIDRO DISPERSOS NA BLENDA (ÁLCOOL POLIVINÍLICO /AMIDO)


PALAVRAS-CHAVES:

Cádmio, Adsorção, Blenda, Hidroxiapatita, Biovidro.


PÁGINAS: 109
RESUMO:

A remoção de metais tóxicos das águas residuais é de grande interesse no estudo da poluição da água. Entre os vários metais conhecidos por serem altamente tóxicos destaca-se o cádmio, que é considerado como uma das substâncias mais perigosas podendo causar sérios danos aos rins e ossos. O processo de adsorção vem sendo utilizado como um método eficaz para a remoção de íons metálicos. Uma alternativa para utilização de adsorventes em forma de pó é sua utilização em conjunto com outros materiais. Com esse intuito, o presente estudo teve como objetivo desenvolver blenda poliméricas (PVA/Amido), tendo a hidroxiapatita (HAP) e o biovidro (VB) dispersos no meio, para remoção dos íons de cádmio. Realizou-se, inicialmente, a caracterização dos pós e das blendas por diferentes técnicas: Análise Termogravimétrica (TGA), Espectroscopia de Infravermelho Transformada de Fourier (FTIR), Difração de Raios X (DRX), Espectrometria de fluorescência de raios-X (FRX), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Microscopia de Força Atômica (AFM), Determinação do Potencial Zeta. De posse das análises de caracterização, as quais mostram que os materiais adsorventes são adequados para utilização na remoção do cádmio foram realizados os ensaios de adsorção a fim de estudar a cinética e o equilíbrio na sorção dos íons metálicos, posteriormente realizou-se um planejamento fatorial através do software Design Expert. Os resultados demonstraram que materiais adsorventes estudados apresentaram uma eficiência na adsorção, removendo mais de 80% dos íons de cadmio em solução aquosa. Os dados cinéticos mostraram melhor correlação com a equação de velocidade de pseudo- segunda ordem e os pontos experimentais se ajustaram ao modelo da isotérmica de Freundlich. Os resultados obtidos no planejamento experimental mostraram-se eficientes estatisticamente, obtendo um R²= 0,9929 para a HAP, 0,9969 para o biovidro, 0,9963 para a blenda PVA/Amido/HAP e 0,9949 para PVA/Amido/VB.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - BRISMARK GOES DA ROCHA - UERN
Externo ao Programa - 1458261 - DANY GERALDO KRAMER CAVALCANTI E SILVA
Externo ao Programa - 1549526 - EDVALDO VASCONCELOS DE CARVALHO FILHO
Presidente - 6346998 - RASIAH LADCHUMANANANDASIVAM
Externo à Instituição - SÂNIA MARIA BELÍSIO DE ANDRADE - MEC
Notícia cadastrada em: 16/12/2016 17:54
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao