Banca de QUALIFICAÇÃO: ÁLVARO LUÍS DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ÁLVARO LUÍS DE OLIVEIRA
DATA : 23/09/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Laboratório de Máquinas Hidráulicas e Energia Solar - NTI/UFRN
TÍTULO:

FABRICAÇÃO E ESTUDO DE UM SISTEMA SOLAR DE AQUECIMENTO DE ÁGUA UTILIZANDO COLETOR DE GRADE ABSORVEDORA COM TUBOS PVC NA CONFIGURAÇÃO PARALELO


PALAVRAS-CHAVES:

Energia solar, sistema de aquecimento solar, grade absorvedora paralela, coletor e reservatório alternativos, baixo custo.


PÁGINAS: 81
RESUMO:

O aquecimento de água solar é uma das principais aplicações dessa fonte energética, pois já se comprovou que o uso de aquecedores solares pode trazer economia significativa para a matriz energética pela não utilização de chuveiros elétricos, grandes consumidores de energia. Dentro desse contexto foi estudado um sistema de aquecimento solar de água para banho, composto por um coletor solar com tubos absorvedores de PVC e reservatório térmico fabricado a partir de um tambor de polietileno de 200 litros. Os tubos absorvedores foram unidos por conexões em T e joelhos de PVC, e a configuração da grade absorvedora formada foi em paralelo. O reservatório térmico constituído do tambor de polietileno foi revestido por chapas de aço galvanizado e entre as duas superfícies foram aplicadas espuma de poliuretano, um material de excelente resistência térmico. O sistema de aquecimento proposto tinha como principais características o baixo custo e simples processos de fabricação e montagem. Serão apresentados os processos de fabricação e montagem do coletor e do reservatório térmico alternativo, e resultados de testes que demonstrarão a viabilidade do sistema de aquecimento proposto para promover o aquecimento de água para banho para uma família de quatro pessoas. Demonstrou-se que o coletor solar proposto teve capacidade de promover o aquecimento da massa de água do reservatório térmico alternativo a uma temperatura média de 49°C, em um único dia de aquecimento, bem superior à de banho, entre 36 – 38°C, e que o sistema de aquecimento tinha autonomia de três banhos para um único dia de teste. A perda térmica do coletor solar estudado esteve muito acima da relativa aos coletores solares convencionais de mercado, mas não inviabilizou a utilização do coletor solar proposto para utilizações residenciais. O sistema de aquecimento solar alternativo estudado teve custo correspondente a 33,4% do convencional de mercado, comprovando-se sua viabilidade econômica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349104 - LUIZ GUILHERME MEIRA DE SOUZA
Externo ao Programa - 3217842 - MARCOS SILVA DE AQUINO
Externo à Instituição - MARIA KALIONARA DE FREITAS MOTA - MEC
Externo à Instituição - NATANAEYFLE RANDEMBERG GOMES DOS SANTOS - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 21/09/2016 12:20
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao