Banca de DEFESA: AUGUSTO RODRIGO BEZERRA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : AUGUSTO RODRIGO BEZERRA DA SILVA
DATA : 27/12/2023
HORA: 09:30
LOCAL: sala virtual - https://meet.google.com/qce-cbxr-isw
TÍTULO:

Usos e significados: um estudo das experiências de jovens e idosos na praça da Matriz em Vitória de Santo Antão - PE


PALAVRAS-CHAVES:

Experiências ; grupos etários; espaços públicos livres; praça; ruas.


PÁGINAS: 144
RESUMO:

As experiências espaciais são dinâmicas e se transformam com o passar do tempo, uma vez que as maneiras como as pessoas vivenciam e usufruem da cidade também se transformam. Ao usufruírem dos espaços públicos como lugares de vivência e expressão, as pessoas se reafirmam como agentes que participam e atuam nas dinâmicas da vida urbana, processo que torna o espaço produtor de sentidos. A partir destas compreensões, esta pesquisa assumiu como objeto de estudo as experiências, usos e práticas geracionais no espaço público. A área investigada compreendeu o centro histórico de Vitória de Santo Antão-PE, focalizando a praça Dom Luís de Brito (Matriz) e a rua João Fernandes Viêira, que a margeia, e desde 2021 participa do programa “Praça da gente” (com uso exclusivo para pedestres em finais de semana e feriados). O objetivo do estudo foi compreender o modo como jovens e idosos experienciam aquela área. Foram objetivos específicos: (i) articular as noções de experiência, espaço público e práticas geracionais; (ii) identificar as dinâmicas de uso e apropriação daquele espaço por jovens e idosos; (iii) explorar as significações daquele espaço para os diferentes grupos etários, atentando para as divergências e convergências entre eles. A pesquisa, metodologicamente caracterizada como qualitativa e de base fenomenológica, envolveu revisão de literatura e pesquisa empirica com abordagem multimétodos, tendo realizado entrevistas, observação comportamental e análise do espaço. Os resultados indicam que, devido a percepções, interesses e modos de apropriação característicos de cada idade, pessoas de diferentes grupos etários experienciam os espaços públicos livres de modos também diversos. Ficou evidente que os jovens enxergam a praça da Matriz e a rua adjacente como locais privilegiados para atividades recreativas e sociais, marcados por uma atmosfera noturna animada nos finais de semana. Suas práticas de ocupação, carregadas de dinamismo e entusiasmo, contrastam com a preferência dos idosos por um ambiente mais sereno e diurno, propício para a contemplação. As atividades do programa "Praça da gente" foram apontadas positivamente por ambos os grupos, destacando a importância dessas intervenções urbanas na percepção e vivência do espaço público. O espaço público não é estático, mas sim moldado pelas experiências e percepções das pessoas que o habitam, ressaltando a necessidade contínua de considerar as demandas e interesses das diversas faixas etárias na construção e gestão de ambientes urbanos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149643 - GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
Interno - 1345114 - JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
Externa à Instituição - DAYSE DA SILVA ALBUQUERQUE - UFAM
Notícia cadastrada em: 20/12/2023 14:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao