Banca de DEFESA: KERICLES PINHEIRO DE OLIVEIRA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KERICLES PINHEIRO DE OLIVEIRA SILVA
DATA : 10/05/2023
HORA: 09:00
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

CIDADE ALTA E ALECRIM: a caminhabilidade em bairrostradicionais da cidade do Natal/RN.


PALAVRAS-CHAVES:

Caminhabilidade. Mobilidade a pé. Ambiente construído.Índice de caminhabilidade.


PÁGINAS: 226
RESUMO:

O deslocamento a pé é o meio de transporte mais democrático, barato, igualitário, podendo ser realizado por todos. Porém, as cidades contemporâneas foram moldadas e desenvolvidas por meio de um planejamento caracterizado pela expansão urbana e pela separação das funções, desconsiderando o pedestre, o ciclista e os usuários de transporte público como protagonistas da vida urbana, visto que uma grande parte dos investimentos para possibilitar os deslocamentos das pessoas nos centros urbanos são utilizados para condicionar o uso do transporte motorizado individual. Dessa forma, a discussão sobre mobilidade nas cidades tem sido tema recorrente de várias pesquisas e, ultimamente, o deslocamento a pé tem ganhado espaço nesse campo de estudo, uma vez que diversos pesquisadores passaram a encontrar evidências de queo ambiente construído pode incentivar ou inibir viagens a pé. Diante disso, o objetivo desta dissertação é compreender os fatores presentes noambiente construído que afetam a dinâmica dos deslocamentos a pé em dois bairros da cidade do Natal/RN, sendo eles a Cidade Alta e o Alecrim, tendo a caminhabilidade como critério de análise. Para isso, como estratégias metodológicas, identificamos indicadores e índices de caminhabilidade e os aplicamos em escalas urbanas diferentes. Na construção da análise do resultado, ocorreu o cruzamento dos indicadores e categorias de análise deste próprio estudo, além da utilização de outras pesquisas citadas ao longo desta pesquisa, para assim atingir o objetivo desta dissertação. Os resultados apontam que, nos recortes em estudo, os indicadores da meso escala se relacionam melhor com a caminhabilidade, isto é, tendem a potencializar viagens a pé. No entanto, os indicadores da microescala possivelmente estão mais associados com questões de permanência das pessoas nesses locais. Além disso, os resultados encontrados nesta dissertação refutam, em partes, a literatura consultada, visto que a região do Alecrim apresentou, se comparada com a Cidade Alta, piores desempenhos na avaliação da maioria dos indicadores, no entanto, foi no Alecrim que se verificou o número maior de viagens a pé. Tais resultados podem subsidiar políticas públicas para tornar os espaços da cidade mais caminháveis, além da possibilitarem a oferta de diversos benefícios ao indivíduo e à sociedade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2432718 - ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
Interna - 350504 - MARIA DULCE PICANÇO BENTES SOBRINHA
Externo à Instituição - MAURO NORMANDO MACÊDO DE BARROS FILHO - UFCG
Notícia cadastrada em: 12/04/2023 17:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao