Banca de DEFESA: DANIEL PAULO DE ANDRADE SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DANIEL PAULO DE ANDRADE SILVA
DATA : 09/04/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Miniauditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

Sinalização de emergência: a busca de uma abordagem baseada no desempenho


PALAVRAS-CHAVES:

Segurança contra incêndio; Sinalização de Emergência; Análise Sintática do Espaço; Projeto de Arquitetura; Métodos de projeto


PÁGINAS: 132
RESUMO:

O projeto de sinalização de emergência tem um papel fundamental no processo de abandono de uma edificação. Neste trabalho essa temática é abordada com vistas ao projeto baseado no desempenho, dentro do contexto normativo e projetual. Projetos complexos estão se tornando cada vez mais frequentes e tais edificações podem se configurar em um verdadeiro problema quando analisadas do ponto de vista da necessidade de orientação e deslocamento em situações de emergência. A avaliação e a identificação de possíveis aperfeiçoamentos no processo de projeto de sinalização de emergência, vislumbrando a possibilidade de inserção de parâmetros de desempenho se configura como o objetivo desta tese. Para tanto, foi realizada uma revisão e análise de normas e regulamentações nacionais e internacionais, comparando as diversas abordagens dos instrumentos reguladores. Foram empregados também recursos de simulação computacional, considerada como a avaliação empírica do impacto do uso da sinalização de emergência na edificação por meio de simulações de abandono realizadas com auxílio do software buildingEXODUS (versão 6.3) e da Análise Sintática do Espaço como ferramenta de projeto para avaliar e auxiliar no desenvolvimento de projetos de sinalização de emergência. Foram realizados e discutidos sete estudos de caso em quatro edificações distintas. Os resultados da análise de normas e regulamentações propiciou o levantamento de questões relevantes ainda não contempladas nas normas brasileiras, como por exemplo a área de visualização do sinal no projeto de sinalização e critérios de análise do cenário de projeto. Já os resultados dos estudos de caso mostram a viabilidade e validade do uso da análise sintática do espaço como ferramenta de projeto, podendo servir também como parâmetro de avaliação da eficiência do sistema de sinalização de emergência. É considerado, como conclusão, que a norma brasileira pode ser acrescida de informações e métodos que auxiliem positivamente o processo de projeto e que permitam aos projetistas avaliarem a eficiência das suas proposições, porém no atual momento não cabe a adoção de uma metodologia de projeto baseada no desempenho para o projeto de sinalização.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALMIR MARIANO DE SOUSA JUNIOR - UFERSA
Presidente - 350255 - EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
Interna - 1694892 - EDNA MOURA PINTO
Externa à Instituição - ROSARIA ONO - USP
Externo à Instituição - TIAGO ANCELMO DE CARVALHO PIRES DE OLIVEIRA - UFPE
Notícia cadastrada em: 14/03/2019 15:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao