Banca de QUALIFICAÇÃO: SANDERSON CARVALHO SOUZA DE MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SANDERSON CARVALHO SOUZA DE MEDEIROS
DATA: 14/11/2014
HORA: 14:30
LOCAL: Mini auditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

Titulo:

Integração de Projeto de Arquitetura e Estruturas através de BIM: uma abordagem dos cursos de arquitetura e urbanismo da UFRN e UFPB


PALAVRAS-CHAVES:

 Palavras-Chave: BIM, Ensino de Projeto, Integraçãode Arquitetura e Estruturas.


PÁGINAS: 95
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
RESUMO:

Resumo:

 A integração entre os projetos de arquitetura e de estrutura de edifícios constitui-se, na formação acadêmica, um dos principais desafios para o ensino do projeto de arquitetura.Estudos recentes apontam para a relevância da utilização de ferramentas computacionais em ambientes acadêmicos como importante estratégia para a referida integração. Embora nos últimos anos experiências pedagógicas utilizando BIM (BuildingInformationModeling), venham sendo incorporadas pelas escolas de Arquitetura, constata-se a necessidade de aprofundar procedimentos didático-pedagógicos que promovam a integração do ensino do projeto de arquitetura e de estruturas. O presente trabalho analisa experiências desenvolvidas no âmbito da UFRN e da UFPB, buscando identificar ferramentas, processos e produtos aplicados em disciplinas ministradas nas referidas instituições e compreender as suas limitações e potencialidades . A pesquisa parte de uma revisão bibliográfica sobre o ensino de BIM e aspectos relacionados a integração dos projetos de arquitetura e estrutura.Utiliza-se de técnicas de coleta de observação direta em ateliê, da aplicação de questionários e entrevistas com alunos e professores, e do método de análise misto, qualitativo e quantitativo. Baseada em parâmetros de avaliação do nível de desenvolvimento de modelos digitais -LevelofDevelopment/LOD - preconizados pelo American InstituteofArchitects (AIA), identifica que os modelos gerados situam-se em níveis ainda abaixo daqueles considerados intermediários, uma vez que utilizam-se de componentes estruturais de famílias genéricas e não aqueles concebidos durante o processo projetual. Tais resultados decorrem do fato de que os alunos apresentam dificuldades para modelar seus próprios componentes, utilizando-se de famílias genéricas e pouco domínio com a ferramenta BIM Revit®. Sobre as potencialidades da ferramenta na integração, apontam para uma melhor concepção estrutural com o uso da ferramenta pelos alunos. Verifica-se, no entanto, a necessidade das escolas adaptarem seus currículos, com a inclusão de disciplinas específicas com competências BIM mais avançadas, a partir de parcerias com cursos de engenharia e a promoção de integrações trans-disciplinares.   


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CARLOS ALEJANDRO NOME SILVA - UFPB
Externo ao Programa - 350503 - FERNANDO JOSE DE MEDEIROS COSTA
Presidente - 350497 - MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
Notícia cadastrada em: 15/10/2014 12:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao