Banca de DEFESA: JULIANA SIMONELLY FELIX DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JULIANA SIMONELLY FELIX DOS SANTOS
DATA : 10/10/2019
HORA: 14:00
LOCAL: FACISA
TÍTULO:

MODELOS DE PROTOCOLO E ESTRATÉGIAS DE PERIODIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS DA MOBILIZAÇÃO PRECOCE NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA


PALAVRAS-CHAVES:

Unidades de Terapia Intensiva. Exercício Físico. MobilizaçãoPrecoce.


PÁGINAS: 41
RESUMO:

A redução da mortalidade nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) tem sido acompanhada de comorbidades que perduram por até cinco anos após a alta hospitalar. A mobilização precoce é a principal intervenção de prevenção dos declínios relacionados ao internamento, porém a prescrição do exercício físico para esta população ainda é pouco explorada quanto à dose-resposta e periodização do exercício. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática da literatura científica para descrever os modelos de protocolo e quais estratégias de periodização de exercícios de mobilização precoce são utilizados nas UTIs com doentes críticos. Métodos: As recomendações Preferred Reporting Itens for Systematic Reviews and Meta-Analyses (PRISMA) foram seguidas. O Medical Subject Headings (MeSH) foi usado para formulação de estratégia de busca: com conceitos combinados e operadores booleanos adaptados para as bases de dados: Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (Medline), Cochrane Central Register of Controlled Trials (CENTRAL), Web of Science e Scopus. Após busca, foram encontrados 6.392 resumos e após a triagem, 121 artigos completos foram lidos e 13 foram incluídos na síntese qualitativa. Nenhum estudo apresentou baixa qualidade segundo a escala Physiotherapy Evidence Database (PEDro). Foram analisados 1.380 indivíduos que participaram dos artigos incluídos nesta revisão. Os protocolos de mobilização encontrados na literatura científica possuem duração de 10 a 30 minutos, 2x/dia por 7x/semana, com volume cumulativo semanal igual ou superior a 200 minutos/semana, compostos por exercícios de mobilidade e funcionalidade progressivos com base no nível de sedação e tolerância do paciente. A ausência de dados primordiais acerca da prescrição de exercício dificulta o estabelecimento da estratégia de periodização, porém, com base nas modalidades de progressão mais usadas, a periodização da mobilização precoce se assemelha à estratégia ondulada. Os estudos ainda se apresentam de forma incipiente no que diz respeito ao uso dessas estratégias de forma sistematizada em Unidades de Terapia Intensiva, apesar do grande número de estudos disponíveis, a prescrição do exercício, dose-resposta e periodização do exercício em UTI seguem a serem esclarecidos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2211023 - ILLIA NADINNE DANTAS FLORENTINO LIMA
Interna - 2211046 - LUCIEN PERONI GUALDI
Externo à Instituição - DIEGO DE SOUSA DANTAS - UFPE
Notícia cadastrada em: 27/09/2019 07:59
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao