Banca de DEFESA: MAXWELL DOS SANTOS CELESTINO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MAXWELL DOS SANTOS CELESTINO
DATA : 16/12/2020
HORA: 14:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA (https://meet.google.com/xmj-cydj-idh)
TÍTULO:

Estratégias das organizações do conhecimento e suas relações com a visão baseada em recursos: o caso UFRN


PALAVRAS-CHAVES:

Organizações do conhecimento. Visão baseada em recursos. Vantagem competitiva.


PÁGINAS: 244
RESUMO:

No atual momento, os estudos que se referem às organizações do conhecimento apresentam lacunas na compreensão quantitativa das dimensões que as compõem, no seu inter-relacionamento entre suas variáveis e seu relacionamento com a visão baseada em recursos, com competências essenciais e com a criação de vantagem competitiva. Esta tese leva em consideração a conveniência de trazer um entendimento empírico e atual sobre como desenvolver estratégias com foco no conhecimento; sua relevância pela adoção de práticas de gestão orientada à utilização eficiente de recursos; suas implicações práticas que poderão contribuir na resolução de problemas estratégicos internos presentes no contexto de uma Instituição de Ensino Superior. Desta forma a presente tese tem como objetivo geral analisar se os recursos, capacidades e competências essenciais podem estar relacionados ao desenvolvimento de estratégias que levam a geração de vantagens competitivas, presentes na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Para alcançar o objetivo proposto, fora realizada uma pesquisa aplicada, caracterizada como descritiva, bibliográfica e de levantamento. Este estudo de caso fora conduzido por uma survey analítica aplicada em uma amostra de 730 (setecentos e trinta) indivíduos integrantes da comunidade universitária da organização estudada. Os dados quantitativos foram coletados através de um questionário com 75 (setenta e cinco) variáveis estruturadas conceitualmente de forma a aferir a percepção da comunidade acadêmica da organização estudada, quanto as relações das dimensões das organizações do conhecimento, da visão baseada em recursos e de vantagem competitiva desenvolvidas pela organização estudada. Os dados foram tratados estatisticamente pela aplicação de técnicas multivariadas, com destaque para a Análise Fatorial Exploratória e para a modelagem de Equações Estruturais em Mínimos Quadrados Parciais (PLS-SEM), onde utilizamos o software SmartPLS 3 para realização das análises que permitiu chegar a conclusões, que responderam ao problema enunciado. Conclui-se, por meio da modelagem de equações estruturais, que o papel das três dimensões do modelo de organizações do conhecimento proposto são importantes no processo de gestão de desempenho e na tomada de decisões estratégicas, confirmando a relação entre o modelo de organizações do conhecimento abordados nesta pesquisa a RBV, o modelo VRIO e as competências essenciais. Os caminhos identificados no modelo estrutural integrado apontam a existência de relações relevantes, que permitem realizar inferências para a formulação de estratégias que gerem vantagem competitiva e possibilitem sustentá-la, colaborando dessa forma com a teoria da RBV.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1673813 - CLAYTON LEVY LIMA DE MELO
Externo à Instituição - JOSE ALFREDO FERREIRA COSTA
Interno - 1696802 - JOSUÉ VITOR DE MEDEIROS JÚNIOR
Externo à Instituição - KLEBER CAVALCANTI NÓBREGA - UnP
Presidente - 369.365.614-20 - MIGUEL EDUARDO MORENO ANEZ - UFRN
Notícia cadastrada em: 11/12/2020 16:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao