Banca de DEFESA: KAIO CÉSAR RODRIGUES DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KAIO CÉSAR RODRIGUES DE OLIVEIRA
DATA : 21/07/2023
HORA: 20:00
LOCAL: On-line
TÍTULO:

APLICAÇÃO DO CONCEITO DE CARGAS CÍCLICAS PARA DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES EM USINAS FOTOVOLTAICA


PALAVRAS-CHAVES:

usina fotovoltaica, energia solar, geração fotovoltaica, dimensionamento de condutores, cargas cíclicas.


PÁGINAS: 96
RESUMO:

Os empreendimentos de geração de energia elétrica a partir da irradiação solar têm ganhado cada vez mais espaço na matriz energética mundial e especialmente no Brasil, uma vez que o país dispõe de recurso solar e terra abundantes para este tipo de instalação. Durante o projeto destas instalações, o dimensionamento dos condutores de Baixa e Média Tensão subterrâneos (diretamente enterrados ou enterrados em eletrodutos) envolve, entre outros critérios, o da capacidade de condução de corrente corrigida do condutor, pelo qual se avalia a ampacidade do condutor dadas as condições de instalação. A seção ótima de um cabo condutor é determinada ao se aplicar os fatores de correção por temperatura do solo, agrupamento de condutores e resistividade térmica do solo à capacidade de condução de corrente natural do condutor para a condição de instalação, de maneira que a capacidade de condução do cabo é reduzida. O cabo encontra-se selecionado de maneira ótima quando a sua capacidade corrigida é superior a corrente que circula por ele. Tal consideração é adequada para quando se considera como constante a corrente que circula por um condutor. No caso dos empreendimentos de geração de energia a partir da luz do sol, devido à variação da irradiância solar ao longo de um dia, a corrente que circula pelos condutores não é constante, mas está submetida a um ciclo diário, atingindo um pico de produção por volta do meio-dia, quando a irradiação solar é mais intensa, e por isso é possível realizar uma análise cíclica do comportamento da corrente ao longo de um período de 24 horas. Com tal análise pode-se determinar um novo tipo de fator de correção, o qual traduz o comportamento cíclico, para ser computado na análise da capacidade de condução corrigida dos cabos objeto de avaliação em conjunto com os demais fatores de correção, permitindo uma avaliação específica para este tipo de situação, e que pode promover benefícios tais como a redução das larguras de valas de cabos, ou maior agrupamento de condutores em uma vala, ou ainda redução na seção do condutor escolhido, quando comparado ao método da carga contínua.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - EDNARDO PEREIRA DA ROCHA - UFERSA
Interno - 347429 - JOSE LUIZ DA SILVA JUNIOR
Interno - 347428 - MARCOS ANTONIO DIAS DE ALMEIDA
Presidente - 1045672 - MAX CHIANCA PIMENTEL FILHO
Notícia cadastrada em: 11/07/2023 20:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao