Banca de DEFESA: PEDRO CARLOS DA ROCHA NETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PEDRO CARLOS DA ROCHA NETO
DATA: 29/02/2012
HORA: 14:30
LOCAL: DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA
TÍTULO:

Expressão imuno-histoquímica das proteínas IFN-γ e TGF-β em cistos radiculares e cistos dentígeros


PALAVRAS-CHAVES:

Cisto Radicular, Cisto Dentígero, Imuno-histoquímica, Interferon-gama, Fatores de Crescimento Transformadores


PÁGINAS: 93
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a expressão imuno-histoquímica do IFN-γ e do TGF-beta1 entre cistos radiculares e cistos dentígeros com a finalidade de compreender o papel e o comportamento dessas proteínas na formação e progressão destes cistos e, assim, estabelecer novos subsídios que auxiliem no desenvolvimento de estratégias terapêuticas capazes de auxiliar no diagnóstico e tratamento. Selecionamos 20 casos de cisto radicular e 20 casos de cistos dentígeros retirados dos arquivos do Laboratório de Patologia Oral. Após análise dos dados clínicos os casos foram submetidos a técnica de rotina e ao método imuno-histoquímico para evidenciação do IFN-γ e do TGF-beta1 no epitélio e na cápsula dos referidos cistos. A análise estatística dos dados utilizando-se o teste de Mann-Whitney revelou que não houve diferença estatisticamente significativa da imunoexpressão do IFN-𝜸 entre os epitélios (p=0,565) e cápsulas (p=0,414) dos cistos radiculares e cistos dentígeros. Não houve diferença estatisticamente significativa da imunoexpressão do TGF-beta1 entre os epitélios (p=0,620) e cápsulas (p=0,056) dos cistos radiculares e cistos dentígeros. O teste de Wilcoxon revelou que não houve diferença estatisticamente significativa entre as imunoexpressões do IFN-𝜸 e do TGF-beta1 no epitélio (p=0,225) e na capsula (p=0,370) dos cistos radiculares. Não houve diferença estatisticamente significativa entre as imunoexpressões do IFN-𝜸 e do TGF-beta1 no epitélio (p=0,361) dos cistos dentígeros. Houve diferença estatisticamente significativa entre as imunoexpressões do IFN-𝜸 e do TGF-β1 na cápsula (p=0,001) dos cistos dentígeros, sendo o TGF-beta1 o que apresentou a imunoexpressão mais significativa. Diante destes resultados concluímos que não houve diferença de expressão imuno-histoquímica do IFN-γ e do TGF-beta1 entre os cistos radiculares e dentígeros e que o TGF-beta1 foi mais expressivo do que o IFN-γ na cápsula dos cistos dentígeros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1258707 - ANTONIO DE LISBOA LOPES COSTA
Interno - 350485 - HEBEL CAVALCANTI GALVAO
Externo à Instituição - MARIA DE LOURDES SILVA DE ARRUDA MORAIS - UERN
Notícia cadastrada em: 24/02/2012 12:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao