Banca de QUALIFICAÇÃO: ANGÉLICA LOPES CORDEIRO MANDÚ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANGÉLICA LOPES CORDEIRO MANDÚ
DATA: 28/10/2015
HORA: 14:30
LOCAL: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA ORAL
TÍTULO:

EXPRESSÃO IMUNO-HISTOQUÍMICA DAS PROTEÍNAS E-CADERINA E β-CATENINA EM NEVOS MELANOCÍTICOS ORAIS E CUTÂNEOS


PALAVRAS-CHAVES:

Nevo pigmentado / Caderinas / Beta catenina


PÁGINAS: 63
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

Os nevos melanocíticos (NMs) são tumores benignos de células névicas, que possuem origem na crista neural, encontradas na pele e em mucosa oral. Essas lesões melanocíticas podem ser classificadas de acordo com sua natureza em nevos congênitos e nevos adquiridos. Devido as semelhanças histológicas, a patogênese do nevo melanocítico oral é semelhante ao das lesões cutâneas. Algumas mutações no gene BRAF são responsáveis pelo crescimento dos nevos melanocíticos tanto em mucosa oral como cutâneos. Essa proliferação ocorre quando há a desregulação no processo de sinalização intercelular da proteína E-caderina e seu co-receptor β-catenina, que são fundamentais para o processo de adesão entre os queratinócitos e melanócitos. Portanto, o objetivo deste estudo é realizar uma análise da expressão imuno-histoquímica das proteínas de adesão, E-caderina e β-catenina, em nevos melanocíticos orais e cutâneos, esclarecendo o papel destas proteínas na patogênese e no comportamento diferencial dos nevos melanocíticos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1258707 - ANTONIO DE LISBOA LOPES COSTA
Interno - 2492713 - ERICKA JANINE DANTAS DA SILVEIRA
Interno - 350484 - ROSEANA DE ALMEIDA FREITAS
Notícia cadastrada em: 19/10/2015 09:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao