Banca de QUALIFICAÇÃO: EDUARDO ALONSO CRUZ MONROY

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDUARDO ALONSO CRUZ MONROY
DATA: 14/09/2015
HORA: 09:00
LOCAL: PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA ORAL
TÍTULO:

ANÁLISE DA IMUNOEXPRESSÃO DE MARCADORES DE CÉLULAS-TRONCO TUMORAIS EM LESÕES ODONTOGÊNICAS EPITELIAIS BENIGNAS


PALAVRAS-CHAVES:

Células-tronco, ameloblastoma, ceratocisto odontogênico, tumor odontogênico adenomatoide, Oct4, CD44.


PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Clínica Odontológica
RESUMO:

Os ossos maxilares sediam lesões de natureza diversa e dentre estas, merecem destaque os cistos e tumores odontogênicos. São lesões derivadas de elementos envolvidos na formação dos elementos dentários. No grupo das lesões odontogênicas epiteliais benignas, os ameloblastomas e os ceratocistos odontogênicos se destacam por apresentarem comportamento localmente agressivo e tendência a desenvolver recorrências, em contrapartida, o tumor odontogênico adenomatóide, apresenta crescimento lento e comportamento biológico bastante indolente. Acredita-se que algumas neoplasias malignas e benignas originam-se de células-tronco. Nos tumores odontogênicos, a formação de tecidos dentais é contínua e acredita-se que derivam de células associadas com o desenvolvimento dos dentes. As células-tronco tem a capacidade de passar por diversas alterações oncogênicas requeridas para a formação de neoplasias malignas. Estas células transformadas são chamadas de células-tronco tumorais, responsáveis pela iniciação e expansão do crescimento tumoral além de apresentar uma capacidade de diferenciação, regeneração e auto-renovação. Em tumores benignos também estão presentes um grande número de células -tronco tumorais do câncer, as quais têm grandes implicações no desenvolvimento destas lesões. Marcadores de células-tronco são expressos em muitas células tumorais e estão envolvidos em várias etapas de formação de tumores. Têm sido identificados diversos marcadores de células-tronco, utilizados principalmente em câncer. Oct4 possui um papel na manutenção da pluripotência de populações celulares, sendo um fator de transcrição-chave que promove a expressão de genes específicos de células tronco embrionárias, servindo como marcador útil de pluripotência. CD44 é uma família de glicoproteínas da superfície celular, que é amplamente expressa em muitas células e tem sido utilizado como um marcador chave para células-tronco tumorais, tendo um importante papel na auto-renovação e diferenciação celular. Portanto, no presente estudo pretende-se estudar a imuno-expressão do OCT4 e CD44 para identificar a presença das células-tronco em lesões odontogênicas epiteliais benignas e também determinar o seu papel nestas lesões.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2220417 - CARLOS AUGUSTO GALVAO BARBOSA
Presidente - 346077 - LELIA BATISTA DE SOUZA
Interno - 344668 - LEÃO PEREIRA PINTO
Notícia cadastrada em: 03/09/2015 11:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao