Banca de QUALIFICAÇÃO: RODRIGO ROMAO DO NASCIMENTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RODRIGO ROMAO DO NASCIMENTO
DATA : 16/02/2018
HORA: 10:00
LOCAL: NEPSA II / Auditório 01
TÍTULO:

O DESIGN THINKING COMO MODELO DE TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTO NA INTERAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA: proposta de um framework para o BioME/UFRN


PALAVRAS-CHAVES:

Design Thinking. Gestão da Inovação. Transferência do Conhecimento. Gestão do Conhecimento. Interação UniversidadeEmpresa.


PÁGINAS: 153
RESUMO:

A universidade, em toda sua história, sempre exerceu um papel de protagonismo na sociedade por meio do ensino e formação intelectual de cidadãos para movimentar a economia. Entretanto, esse papel passivo de promover o ensino não tem sido suficiente para garantir a universalização do conhecimento, sendo a universidade chamada a atuar num outro plano: a Universidade Empreendedora. Essa temática é muito nítida no conceito intitulado Tríplice Hélice, que é a relação interativa entre três agentes independentes, porém economicamente colaborativos: Universidade, Governo e Empresas. Esse tripé forma uma Rede de Conhecimento, no qual a universidade atua como agente responsável por garantir a transferência do conhecimento e promover o empreendedorismo a partir de métodos para produzir inovação. Nesse sentido, é salutar o desenvolvimento de mecanismos que facilitem a transferência do conhecimento. O Design Thinking, nesta pesquisa, será usado para esse propósito, pois é uma abordagem que objetiva a solução de problemas de forma coletiva e colaborativa, primando pela intercalação entre o pensamento divergente (expansão de ideias) e o pensamento convergente (o refinamento de ideias). Nesse processo iterativo o que se busca é a inovação por meio da junção e troca de conhecimentos entre uma rede de conhecimento (formal ou informal) composta por integrantes de formação multidisciplinar. Sugerir, portanto, a adoção do Design Thinking como modelo de transferência de conhecimento na interação UniversidadeEmpresa, especificamente, se justifica pelo entendimento de que esses são os atores com maior capacidade de geração de produtos, processos e inovações intercambiáveis, enquanto o Governo atua com maior ênfase no fomento e financiamento dessas relações. Nesse sentido, o presente estudo tem por objetivo geral propor um framework de transferência de conhecimento para o Centro Multiusuário de Bioinformática da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (BioME/UFRN) inspirado no Design Thinking. O referido centro atua tanto na condução de uma pósgraduação, quanto na oferta de produtos e serviços de bioinformática, sendo, portanto, uma representação fidedigna da interação UniversidadeEmpresa. Os objetivos específicos são: i) caracterizar a interação Universidade Empresa como contexto da transferência de conhecimento; ii) caracterizar o processo de Design Thinking a partir de elementos presentes na literatura. iii) estabelecer ostipos de inovação que farão parte do framework a partir de elementos presentes na literatura e; iv) estabelecer os critérios de validação das contribuições do framework por meio de uma consulta aos especialistas do BioME. Os procedimentos metodológicos levam em consideração o DRM (Design Research Methodology), metodologia desenvolvida para estabelecer as diretrizes de uma pesquisa voltada para o design. O framework prévio é apresentado nesta proposta e se pretende utilizar a Técnica Delphi para refinálo e implementálo em colaboração com representantes do BioME.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1323825 - ANDREA VASCONCELOS CARVALHO
Interno - 1216931 - WATTSON JOSE SAENZ PERALES
Externo à Instituição - WILLIAM BARBOSA VIANNA - UFSC
Notícia cadastrada em: 31/01/2018 14:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao