Banca de DEFESA: JULLIANE MICHELLE FREIRE DE ALMEIDA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JULLIANE MICHELLE FREIRE DE ALMEIDA
DATA : 30/12/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de videoconferência do Google: meet.google.com/rnh-jonh-frw
TÍTULO:

ECOTUR NORDESTE:

E-business de experiências turísticas e de impacto socioambiental


PALAVRAS-CHAVES:

Cultura de Inovação; Empreendedorismo Inovador; Negócios de Impacto Socioambiental; Negócios Tecnológicos; Turismo Comunitário; Turismo de Experiência



PÁGINAS: 72
RESUMO:

De acordo com dados governamentais, o  turismo emprega 7 milhões de pessoas e responde por 8,1% da soma de todas as riquezas produzidas no país. O impacto chega a 53 segmentos da cadeia produtiva. Contudo, fragilidades de infraestrutura e de planejamento podem gerar significativos problemas, centrados na degradação ambiental e na exploração social. Soma-se a esta problemática a concentração de turismo ‘Sol e Praia’, principalmente quando se trata da Região Nordeste do país. Com o propósito de atuar no sentido oposto da oferta turística massificada, foi criado o empreendimento Ecotur, em 2016. A iniciativa tem revelado os potenciais de diversos destinos do Nordeste, mediante experiências turísticas que fogem dos produtos convencionais das agências do setor. O Rio Grande do Norte configura-se foco da Ecotur, não só por ser onde a empresa se situa, mas por todas as características existentes, que se externam em um cenário de grandes déficits, como a alta informalidade dos operadores turísticos e a pulverização da oferta. É dentro da perspectiva de impulsionar a Ecotur como agente de desenvolvimento socioeconômico local, por meio de negócios de impacto socioambiental de turismo de experiência, que a presente pesquisa científico-empreendedora objetiva desenvolver tecnologias para mitigar as referidas problemáticas.O pressuposto teórico central do estudo são abordagens, metodologias e ferramentas de criação voltadas à modelagem do negócio e às estratégias de inovação para a tração da empresa. De natureza aplicada, a pesquisa é sustentada por procedimentos bibliográficos e de desenvolvimento tecnológico voltado a negócios eletrônicos (e-business). Especificamente, a ideação empreendedora voltou-se ao desenvolvimento de um marketplace de experiências turísticas com impacto socioambiental no Nordeste, visando comercializar destinos pouco convencionais e utilizando o comércio eletrônico (e-commerce) para facilitar o processo de aquisição e de compra.Foram desenvolvidos três Produtos Viáveis Mínimos (MVP, da sigla em inglês), bem como implementados continuamente processos de gestão de inovação, sustentados pela abordagem Design Thinking e pelo Modelo C do Canvas. Em desdobramento, está o impulsionamento da startup Ecotur, com significativa inserção na cena local do empreendedorismo inovador, traduzida pela conquista de vários editais, entre 2020 e 2022, bem como pelos índices da empresa. Ainda dentro dos processos de tração do empreendimento, uma estratégia de inovação centrada em clube de assinaturas ‘RN in Box’ foi desenvolvida.Os resultados da pesquisa sinalizam que é possível atuar no segmento turístico e gerar impacto socioambiental positivo.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - DIANINE CENSON LOPES - IFTO
Externo à Instituição - GILTON SAMPAIO DE SOUSA - UERN
Externa à Instituição - KETTRIN FARIAS BEM MARACAJA - UFCG
Presidente - 1753896 - ZULMARA VIRGINIA DE CARVALHO
Notícia cadastrada em: 19/12/2022 22:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao