Banca de DEFESA: THAISA WANCY SILVA MORAES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THAISA WANCY SILVA MORAES
DATA : 16/12/2022
HORA: 09:30
LOCAL: Sala Virtual no Google Meet
TÍTULO:

Sensipé: processo de construção de calçado para pessoas com perda da sensibilidade plantar


PALAVRAS-CHAVES:

Hanseníase, inovação, calçado personalizado.


PÁGINAS: 101
RESUMO:

Andar é uma atividade inerente ao homem, que lhe dá autonomia para a vida diária e o comprometimento dos membros inferiores dificulta essa atividade, cerceando muitas vezes, o direito de ir e vir (BRASIL, 2008). A perda de sensibilidade nos pés é uma alteração que pode comprometer a atividade de andar. Uma possibilidade de evitar danos aos pés insensíveis é o uso de calçados adequados que protejam a área afetada, por isso, esse trabalho visa desenvolver um processo de criação de calçados personalizados para pessoas com alteração de sensibilidade plantar. Os seguintes estudos foram realizados: um transversal retrospectivo do banco de dados dos SINAN, de pacientes diagnosticados com hanseníase no Hospital Giselda Trigueiro (HGT) entre os anos 2001 e 2018 dos casos diagnosticados com grau 0 ou 1 de incapacidade, que alteraram grau de incapacidade física no momento da alta da poliquimioterapia; um estudo de aplicação de Framework Criativo CRAALVES; estudo de valoração e custo do produto e uma pesquisa de prospecção tecnológica do mercado de calçados e uso das tecnologias, players e requerentes patentários. Os resultados identificaram que o público-alvo de maior incidência com diagnóstico de hanseníase foram pacientes multibacilares, ambos os sexos, com idade acima de 50 anos. Foram confeccionados três mínimos produtos viáveis utilizando a tecnologia, empresas de fornecimento de tecnologia apresentam uma importante participação no requerimento de patentes no mundo o mercado de requerentes e inventores é dominado ainda por americanos, os maiores fornecedores de tecnologia para o setor da indústria de calçados. O mercado brasileiro da indústria de calçados ainda galga espaços de crescimento e desenvolvimento tecnológico em busca de tecnologias habilitadoras para aumento de inovação dentro do setor. Espera-se que através da união do tríplice hélice possa ser criado uma empresa que colabore no fluxo de atendimento para os pacientes com perda de sensibilidade do Rio Grande do Norte viabilizando a entrega da órtese.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - LINDA FAYE LEHMAN
Externa à Instituição - CŽLÁUDUIA REGINA CABRAL GALVÃO - UFPB
Externo ao Programa - 1544724 - GLAUCIO BEZERRA BRANDAO - UFRNInterno - 1943220 - ORIVALDO VIEIRA DE SANTANA JUNIOR
Notícia cadastrada em: 07/12/2022 11:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao