PPGCF/EAJ/UFRN PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FLORESTAIS ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ Telefone/Ramal: (84) 99418-0909 http://www.posgraduacao.ufrn.br/cfl

Banca de DEFESA: TALVANIS CLOVIS SANTOS DE MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TALVANIS CLOVIS SANTOS DE MELO
DATA : 31/01/2020
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório da Direção da EAJ
TÍTULO:

CARACTERIZAÇÃO ENERGÉTICA DO RESÍDUO LIGNOCELULÓSICO DA Bixa orellana L.  PARA APLICAÇÃO NO PROCESSO DE PIRÓLISE RÁPIDA


PALAVRAS-CHAVES:

biomassa, resíduos agroflorestais, urucum, energia renovável.


PÁGINAS: 58
RESUMO:

A energia é um fator essencial ao desenvolvimento econômico e social, o aumento da demanda por energia tem se tornado um desafio aos grandes centros de produção e consumo. Além de causar diversos problemas ambientais. Nesse sentido a sua geração a partir de fontes renováveis como a biomassa é uma das alternativas mais promissoras, e especificamente biomassa residual resultante das atividades agroflorestais tem maior potencial de aproveitamento. O Brasil é o maior produtor mundial de urucum, sendo responsável por mais de 50% da produção mundial, e no beneficiamento dos frutos de Bixa orellana para extração de pigmentos corantes como a bixina, são produzidos grandes quantidades de resíduos que sem aplicação definida. Nesse contexto o objetivo do trabalho será a caracterização energética do resíduo do beneficiamento do urucum a fim fornecer subsídios para o aproveitamento energético no processo de pirólise rápida. A análise foi feita a partir de amostras coletadas em um plantio localizado no munícipio de Bonito/PE. A biomassa foi caracterizada através da caracterização físico-química por Análise Imediata (teor de voláteis, umidade, carbono fixo e cinzas), Análise Elementar, Análise Composicional, Análise Termogravimétrica, Espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier e o Poder Calorífico. Pelos resultados, tem-se que a biomassa possui um satisfatório poder calorífico (15,04 MJ/Kg), baixo teor de umidade (9,71%), apresentando alto percentual de material volátil (78,50%) e alto teor de lignina (32,15 %) mostrando assim bom potencial para o aproveitamento energético desse tipo de biomassa.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - KATIANE DA ROSA GOMES DA SILVA - IPA
Interno - 1721230 - MAURO VASCONCELOS PACHECO
Presidente - 1979301 - RENATA MARTINS BRAGA
Notícia cadastrada em: 13/01/2020 09:35
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao