Banca de QUALIFICAÇÃO: ELIANE LEANDRO DE MATOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELIANE LEANDRO DE MATOS
DATA : 22/02/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Vieoconferência
TÍTULO:

GESTÃO DE CONFLITOS NA UFCA: a relação entre o conflito intragrupo e os estilos de gerenciamento de conflitos de servidores públicos em uma perspectiva de redes


PALAVRAS-CHAVES:

gestão de conflitos; conflito intragrupo; estilos de gerenciamento; análise de redes.


PÁGINAS: 67
RESUMO:

O conflito tem sido objeto de estudo dentro das sociedades e das organizações enquanto fenômeno inevitável das relações humanas. Dentro das organizações, a partir da visão interacionista, o conflito não possui apenas efeitos disfuncionais, mas também funcionais, sendo necessário para promover mudanças e processos de inovação (MCINTYRE, 2007; RAHIM, 2011). Nesse sentido, o conflito decorre da interação de diversas entidades ou indivíduos e pode ser compreendido como um fenômeno complexo, conquanto suas múltiplas origens, impactos diversos para as organizações e diferentes estratégias para o seu tratamento. Na busca por efeitos funcionais, a atenção deve ser direcionada à natureza e ao tratamento que é dado às situações de conflito, de modo que sejam conduzidas a resultados benéficos ao desempenho individual e organizacional. O presente estudo buscará investigar a relação entre os tipos de conflitos (conflito intragrupo) e os estilos de gerenciamento de conflitos interpessoais utilizados pelos servidores da Universidade Federal do Cariri. A pesquisa será descritiva e adotará o método quantitativo, sendo utilizado questionário ou survey, a ser enviado por correio eletrônico para os servidores. Para identificar os tipos de conflitos, será utilizada a Escala de Conflitos Intragrupos (ECIG), que investiga os conflitos nas dimensões “tarefa” e “relacionamento”, desenvolvida por Silva e Puente-Palácios (2010). Para identificação dos estilos de gerenciamento de conflitos será utilizado o Rahim Organizational Conflict Inventory (ROCI-II), que investiga cinco estilos de gerenciamento de conflito: Dominação, Evasão, Acomodação, Negociação e Integração desenvolvido por Rahim (1983, 2011). Tratando-se de objeto de estudo complexo, os dados coletados serão submetidos a uma análise de redes. A análise de redes é uma técnica de aprendizagem de máquina que permite verificar associações não lineares em sistemas dinâmicos e complexos, além disso, permite identificar quais as variáveis mais influentes no sistema possibilitando um melhor planejamento para futuras intervenções. Uma matriz de correlação será gerada para identificar o peso das associações e será utilizada a medida de centralidade influência esperada para identificar os nós mais influentes da rede. Ao final, espera-se contribuir com o estudo do conflito em organizações públicas brasileiras e oferecer dados úteis para formulação de ações ou políticas de gestão de conflitos na instituição participante da pesquisa.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 6350673 - MARIA TERESA PIRES COSTA
Presidente - 1697892 - MARIANA MAZZINI MARCONDES
Interna - 2569281 - PAMELA DE MEDEIROS BRANDÃO
Notícia cadastrada em: 07/02/2022 08:12
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao