Banca de QUALIFICAÇÃO: CLARA VALÉRIA GRANGEIRO DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CLARA VALÉRIA GRANGEIRO DE SOUSA
DATA : 22/02/2022
HORA: 14:30
LOCAL: Vieoconferência
TÍTULO:

ROTATIVIDADE E CONDIÇÕES DE TRABALHO NO SETOR PÚBLICO: ESTUDO COM OS SERVIDORES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI - UFCA


PALAVRAS-CHAVES:

rotatividade; intenção de rotatividade; condições de trabalho; serviço público.


PÁGINAS: 102
RESUMO:

Considerando as transformações que permeiam a administração pública no Brasil, e diante da necessidade de prestar um serviço público de qualidade e ao mesmo tempo propiciar um ambiente favorável ao trabalho e a retenção de servidores, torna-se necessário o estudo dos fatores preditores da rotatividade e das condições de trabalho no serviço público. Entende-se por rotatividade o termino do vínculo entre o trabalhador e uma organização. Quando o desligamento é voluntário, isto é, parte da iniciativa do trabalhador, é necessário investigar os fatores que lhe dão causa, a fim de que sejam tomadas as providências cabíveis para evitar as consequências de uma rotatividade indesejada. As condições de trabalho englobam um conjunto de circunstâncias sob as quais as atividades laborais são desenvolvidas, considerando o trabalho em si e seu entorno. Por isso, investigar a percepção dos trabalhadores acerca das condições de trabalho pode apontar disfunções no ambiente laboral, que contribuem para o surgimento de outros problemas organizacionais, como a intenção de rotatividade e a rotatividade efetiva. Diante disso, o presente estudo tem como objetivo geral analisar as relações existentes entre a rotatividade e as condições de trabalho na Universidade Federal do Cariri – UFCA. Para tanto, será realizada pesquisa documental, com a finalidade de construir um Painel de Rotatividade na UFCA, com base nos dados de desligamentos e admissões do período de 2017 a 2021, e entrevistas semiestruturadas com ex-servidores, a partir de questões baseadas na taxonomia de condições de trabalho desenvolvida por Borges et al. (2021), a fim de investigar se as condições de trabalho na UFCA contribuíram para a decisão de desligamento da instituição. Pensando ainda em evitar futuros desligamentos voluntários, a pesquisa também averiguará, por meio de aplicação de questionário, se a intenção de rotatividade dos servidores em exercício está relacionada às condições de trabalho na UFCA. Para isso será utilizada a Escala de Intenção de Rotatividade (Siqueira et al., 2014) e o Questionário de Condições de Trabalho (Borges et al., 2021). Os participantes da pesquisa serão servidores em exercício e ex-servidores, docentes e técnicos administrativos, da UFCA. Por fim, com base nos dados levantados, serão propostas ações de melhoria para a gestão da rotatividade e das condições de trabalho na instituição pesquisada. Trata-se, portanto, de uma pesquisa de caráter descritivo, de natureza qualitativa e quantitativa. Espera-se, com os resultados da pesquisa, identificar a percepção dos servidores acerca das condições de trabalho e sua relação com a rotatividade na UFCA.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2290876 - ANTONIO ALVES FILHO
Presidente - 6350673 - MARIA TERESA PIRES COSTA
Interna - 1697892 - MARIANA MAZZINI MARCONDES
Notícia cadastrada em: 04/02/2022 10:51
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao