Banca de DEFESA: ADRIANA CRISTINA GOMES DE ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ADRIANA CRISTINA GOMES DE ARAUJO
DATA : 30/11/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Vieoconferência
TÍTULO:

POLÍTICAS E PRÁTICAS GESTÃO DE PESSOAS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI: PERCEPÇÃO DOS ATORES INSTITUCIONAIS


PALAVRAS-CHAVES:

Gestão Pública. Gestão de Pessoas no Setor Público. Políticas e Práticas de Gestão de Pessoas.


PÁGINAS: 175
RESUMO:

É relevante a importância das pessoas nas organizações públicas para geração de valor público à sociedade que, cada vez mais, exige responsabilidade e resultados de qualidade por parte do Estado. Considerando essa relevância das pessoas para auxiliar a gestão pública a atender e corresponder às necessidades e demandas dos cidadãos, este estudo teve como objetivo compreender as políticas e práticas da Gestão de Pessoas (GP) na Universidade Federal do Cariri (UFCA) segundo a percepção de seus atores institucionais. Para tanto, desenvolveu-se uma pesquisa aplicada e descritiva, com abordagem qualitativa, utilizando a pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas para coleta de dados e a análise de conteúdo para o tratamento de dados. Os resultados apontam que: o planejamento de pessoal apresentou necessidades de melhorar a distribuição de pessoal apoiando-se, para isso, em estudos dos setores e seus processos; a organização do trabalhou demostrou necessidade de mais clareza de informações sobre serviços, atribuições e atividades, principalmente do ponto de vista da compreensão de cada cargo em seu setor; revelou-se importante ao recrutamento e seleção de pessoas agregar elementos como avaliação de perfis, habilidades e competências, além da necessidade de melhorar o planejamento e a definição dos cargos a serem selecionados; a recepção de novos servidores conta com importante momento de integração promovido pela gestão de pessoas, onde os servidores ingressantes são ambientados e imersos em informações sobre a instituição e outras temáticas de pessoal de seu interesse; a avaliação de servidores revelou-se amadurecida, com esforços empreendidos pela instituição para essa evolução necessitando, entretanto, de sensibilização para melhor compreensão dos servidores da importância da avaliação;  a defasagem da remuneração do servidor público apresentou-se desmotivante e como uma ameaça à retenção de talentos nas instituições públicas; a gestão do desenvolvimento é vista com destaque ao promover e oportunizar, por vias institucionais, o desenvolvimento dos servidores pela capacitação e qualificação na educação formal, contribuindo para o desenvolvimento dos servidores e da instituição; a qualidade de vida no trabalho mostrou-se importante à instituição, preocupada em cuidar da saúde e promover bem-estar ao servidor, com ações que são capazes de impactar motivação e satisfação das pessoas, tem avançado e crescido em ações, embora carente de profissionais para ampliar sua atuação. Dos resultados, é possível concluir que os atores institucionais têm uma percepção de que há necessidade de desenvolver a gestão de pessoas na universidade, especialmente pelo esforço de organizar-se sob regulamentações internas, mas tem demonstrado avançar, e se mostra numa concepção positiva para os participantes, apesar de afeta a fatores que impactam e limitam sua atuação, como aspectos legais e restrições orçamentárias. Espera-se que este trabalho possa contribuir com a melhoria contínua da gestão de pessoas na UFCA e em outras instituições públicas.  


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANA CAROLINA KRUTA DE ARAUJO BISPO - UFPB
Presidente - 2290876 - ANTONIO ALVES FILHO
Interna - 6350673 - MARIA TERESA PIRES COSTA
Notícia cadastrada em: 16/11/2021 14:50
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao