Banca de DEFESA: JUCELIO BATISTA DE AZEVEDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JUCELIO BATISTA DE AZEVEDO
DATA : 26/08/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Vieoconferência
TÍTULO:

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE SOBRE A IMAGEM ORGANIZACIONAL: O CASO DO IFRN – CAMPUS SANTA CRUZ


PALAVRAS-CHAVES:

Comunicação Institucional; Comunicação Pública; Imagem Organizacional; Expressividade Organizacional; IFRN – Campus Santa Cruz.


PÁGINAS: 198
RESUMO:

A dissertação analisa a influência da comunicação com a sociedade sobre a imagem organizacional, no contexto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), mais precisamente do Campus Santa Cruz. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, com abordagem quali-quantitativa, que adotou o estudo de caso como estratégia metodológica. As interfaces entre comunicação e imagem foram investigadas com base em um modelo teórico-conceitual desenhado à luz das correntes teóricas que abordam a expressividade organizacional e a identidade projetada. Adaptado de um construto desenvolvido por Van Halderen (2008), o modelo proposto se estrutura em torno dos princípios expressivos da sinceridade, transparência e consistência. Parte-se do entendimento de que, quando a organização consegue expressar-se de forma sincera, transparente e consistente, comunicando (ou projetando) estrategicamente os seus atributos identitários, consegue influenciar a geração de percepções positivas sobre a imagem organizacional. Os procedimentos basilares que deram suporte ao alcance do objetivo principal da pesquisa foram a avaliação da comunicação IFRN-Sociedade, sob a lente da expressividade organizacional, e a correlação dos resultados avaliativos com os dados referentes à verificação da imagem pública do Campus Santa Cruz. Para tanto, recorreu-se à realização de um survey junto às comunidades situadas no entorno do Campus, cujos resultados foram examinados e interpretados com base em estatística descritiva e análise de regressão. Antes disso, foi preciso traçar um panorama da comunicação IFRN-Sociedade, com o suporte das técnicas de pesquisa documental, observação sistemática e entrevista. No panorama, constatou-se que, a despeito de o IFRN dispor de uma política comunicacional formulada na perspectiva de fomentar uma comunicação com pretensões estratégicas, no plano prático alguns fatores configuram-se como limitantes da gestão estratégica da atividade comunicativa. Tais fatores dizem respeito a deficiências no planejamento e na avaliação das ações desenvolvidas pela área de comunicação social, bem como a inadequações na estrutura funcional responsável por operacionalizar essas ações. Não obstante, avaliou-se que a comunicação desenvolvida pelo Campus Santa Cruz se mostra adequada sob a ótica da expressividade. No geral, a unidade tem conseguido expressar-se de forma sincera, transparente e consistente, realizando, pois, uma comunicação com potencial para gerar percepções externas favoráveis. Os achados da verificação da imagem reforçaram esse entendimento, pois demonstraram que o Campus é visto de forma bastante positiva, sendo a ‘Política de Ensino’ o atributo mais bem avaliado entre os sujeitos da pesquisa. Por fim, a correlação entre as variáveis de estudo revelou que a comunicação IFRN-Sociedade exerce influência positiva sobre a imagem organizacional, e que quanto maiores a sinceridade e a transparência expressas na comunicação, mais se amplia a sua capacidade em impactar positivamente a percepção da imagem. Em face dos resultados alcançados, foram propostas recomendações para orientar a prática comunicativa, com vistas a fomentar a adoção de procedimentos de gerenciamento da imagem em âmbito institucional.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2842635 - FABIO RESENDE DE ARAUJO
Externo à Instituição - FRANCISCO RANIERE MOREIRA DA SILVA - UFCA
Presidente - 2569281 - PAMELA DE MEDEIROS BRANDÃO
Notícia cadastrada em: 12/08/2021 09:32
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao