Banca de DEFESA: ALEXANDRE GONÇALVES DOS SANTOS E SILVA FILHO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALEXANDRE GONÇALVES DOS SANTOS E SILVA FILHO
DATA : 24/09/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Via videoconferência: Google Meet
TÍTULO:

Sistemática filogenética de Lactifluus (Russulales) com ênfase em espécies do norte e nordeste brasileiro


PALAVRAS-CHAVES:

Agaricomycetes, filogenia, fungos neotropicais, Russulaceae, taxonomia


PÁGINAS: 204
RESUMO:

Lactifluus (Rusulaceae, Rusulales) reúne fungos que produzem em sua forma reprodutiva basidioma agaricoide, pleurotoide e gasteroide; e se caracterizam principalmente pela exudação de látex. Lactifluus possui aproximadamente 210 espécies distribuídas principalmente nos trópicos, onde frequentemente faz associação ectomicorrízica com uma ampla variedade de plantas. A diversidade do gênero vem sendo melhor investigada na África e na Ásia, enquanto permanece ainda pouco explorada na região Neotropical. No Brasil, apenas nove espécies de Lactifluus foram descritas ou reportadas para a Amazônia, Mata Atlântica e Caatinga, e outras dez espécies ainda tratadas como Lactarius necessitam ser revisadas e confirmadas. Com isso, o projeto proposto visou sistematizar e interpretar o gênero Lactifluus a partir de análises morfológicas e moleculares, com o incremento de novas coletas e a revisão de coleções de herbário provenientes dos diferentes biomas das regiões Norte e Nordeste do Brasil. As análises basearam-se em dados morfológicos e moleculares de dez espécimes depositados nos Herbários PACA, INPA JPB, UFRN-Fungos e URM; e de 31 espécimes coletados em diferentes ecossistemas da Amazônia, Caatinga e Mata Atlântica. A revisão morfológica das coleções herborizadas resultou na recombinação de Lactifluus amazonensis, Lactifluus brasiliensis, Lactifluus braunii, Lactifluus mamorensis, Lactifluus rupestres e Lactifluus russula; e na designação de um lectótipo para Lf. annulifer, Lf. braunii e Lf. russula. Novas amostras coletadas resultaram na identificação e no sequenciamento de Lf. amazonensis, Lf. annulifer, Lactifluus dunensis, Lactifluus lepus, Lactifluus mamorensis e Lactifluus neotropicus. Outras 11 espécies são propostas como novas para a ciência, e são elas: Lactifluus aurantioceraceus nom. prov., Lactifluus brunneoruber nom. prov., Lactifluus candidus nom. prov., Lf flavuscaespitosus nom. prov., Lactifluus guttulatus sp. nov., Lactifluus perforatus nom. prov., Lactifluus piperogalactus sp. nov., Lactifluus reniformis nom. prov., Lactifluus restingae nom. prov., Lactifluus sphatuliformis sp. nov. e Lactifluus umbilicatus sp. nov. A análise molecular das regiões ITS, LSU e RPB2 do DNA dos espécimes coletados confirmam as espécies citadas como linhagens distintas em Lactifluus, estando elas distribuídas em cinco diferentes clados nos subgêneros Gymnocarpi, Lactariopsis e Pseudogymnocarpi. Além disso, os estudos filogenéticos dos espécimes coletados deram suporte para a delimitação de duas seções: Lactifluus secão Piperogalacti sec. nov. e Lactifluus seção multicepis nom prov.; e para a emenda de Lactifluus sect. Panuoidei.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - DIRCE LEIMI KOMURA - INPA
Presidente - 942.983.190-91 - FELIPE WARTCHOW - UFPB
Externo à Instituição - MARCELO ALOISIO SULZBACHER - UFSM
Externa à Instituição - MARIANA CAVALCANTE E ALMEIDA SÁ - UNIPÊ
Externo à Instituição - VAGNER GULARTE CORTEZ - UFPR
Notícia cadastrada em: 24/08/2021 10:28
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao