Banca de QUALIFICAÇÃO: REJANE GUEDES PEDROZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: REJANE GUEDES PEDROZA
DATA: 28/06/2013
HORA: 18:00
LOCAL: Auditorio do CCHLA
TÍTULO:

Nutrição Social e Biopolítica: Uma relação nem sempre tão óbvia


PALAVRAS-CHAVES:

Nutrição social, Biopolítica, nutrição no SUS


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
SUBÁREA: Sociologia da Saúde
RESUMO:

A Tese consiste em problematizar a relação Nutrição e  Biopolítica (FOUCAULT; AGAMBEN; NEGRI;HARDT). Pretende verificar e evidenciar alguns efeitos biopolíticos  sobre as práticas da nutrição social no Sistema Único de Saúde (SUS), tanto em seus aspectos de conformidade e controle prescritivo, quanto em aspectos de transgressões das normas protocolares, a partir dos discursos de nutricionistas em fóruns virtuais da redenutri: uma rede virtual colaborativa que se relaciona diretamente com a Política Nacional de Alimentação e Nutrição do Brasil (PNAN) e na Comunidade virtual Alimentação e Nutrição no SUS: Saberes e práticas, ligada ao Departamento de Atenção Básica (DAB) do Ministério da Saúde. Após acompanhamento e diálogos por e-mail, posts na redenutri e na comunidade de práticas, além de Chat do facebook e Skype com nutricionistas, defendemos que o nutricionista enquanto portador de condições discursivas, ao proferir dizeres sobre suas práticas no segmento da nutrição social é atravessado por feixes de influências normativas originais de seu processo de formação acadêmica, mas também pelas vivências e elaborações produzidas a partir de sua experimentação na interface com indivíduos, coletivos e discursos de outros campos sociais. A pesquisa tem procurado acompanhar  tais linhas de influência que se destacam como vetores de transformações nos modos de pensar, de agir e de refletir sobre o que se fez ou se faz nesse campo de atuação profissional. Uma indagação que atravessa toda a pesquisa é: - Em quais circunstâncias dos discursos proferidos pelos nutricionistas pesquisados são evidenciadas alguma(s) linhas de fuga (DELEUZE), onde um conjunto heterogêneo de visões pode vir a se contrapor, se mesclar, se reconfigurar, produzir estratégias que possibilitam outras relações entre o saber e o fazer.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149447 - NORMA MISSAE TAKEUTI
Externo ao Programa - 1149598 - ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA
Externo à Instituição - VERGAS VITORIA ANDRADE DA SILVA - IFRN
Notícia cadastrada em: 25/06/2013 14:52
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao