Banca de DEFESA: JOSELITO SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSELITO SANTOS
DATA: 27/04/2012
HORA: 09:00
LOCAL: LABCOM
TÍTULO:

Assistência a mulheres com câncer de mama em um Centro de Referência no estado da Paraíba.


PALAVRAS-CHAVES:

Sociofisiologia da doença. Ciências Sociais e Saúde. Câncer de mama. Assistência hospitalar. Mulheres com câncer de mama. Centro de Referência em Oncologia - PB. Sistema Único de Saúde.


PÁGINAS: 228
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Estuda-se a assistência a mulheres com câncer de mama, em um Centro de Referência da Paraíba, indagando-se como se dá essa assistência em oncologia, oferecida por um Hospital-Escola, que mantém esse Centro através do Sistema Único de Saúde (SUS). O câncer de mama exige organização institucional, provimento de recursos materiais, humanos e financeiros, demandando ao sistema de saúde assistência eficiente e com novas tecnologias que possibilitem o acesso da população aos serviços médicos especializados, mas nem sempre consegue garantir esses serviços, nem os direitos que a legislação conferiu à população, inibindo adequada relação entre profissional de saúde e paciente. Discute-se o tema em uma visão transdisciplinar do conhecimento, tendo como referencial teórico aportes de autores clássicos e contemporâneos das ciências humanas e sociais em saúde e, como estratégia de pesquisa empírica, a entrevista estruturada. Delimitou-se como objetivos: identificar como é realizada a assistência a mulheres com câncer de mama em um Centro de Referência em cancerologia na Paraíba, identificando suas dificuldades e satisfação com a assistência recebida; elaborar o perfil das mulheres com câncer de mama assistidas nesse Centro de Referência; conhecer seus antecedentes ginecológicos e obstetrícios, estilos de vida, faixa etária e estágio da doença quando iniciou o tratamento; verificar seus conhecimentos acerca dos seus direitos e quais os benefícios recebidos. A maioria das mulheres encontrava-se na faixa etária entre 40 e 59 anos (63,1%), correspondente à faixa de risco para desenvolvimento do câncer de mama. Quanto à ocupação, 38,3% eram do lar e 30,1% aposentadas, cuja renda familiar se concentrava entre aquelas que ganhavam menos de um salário e um salário mínimo (58,2%). Essa população era constituída em sua maioria por mulheres casadas (60,2%), com nível de escolaridade mais frequente no ensino fundamental incompleto (27,6%) e fundamental completo (24,1%), perfazendo um total de 51,6%.  Constatou-se que a maioria das mulheres mostrou-se satisfeita com a assistência recebida, observando-se que um mínimo de cuidado lhes foi suficiente para definir essa satisfação, embora se perceba que o acesso ao sistema de saúde não garante as condições ideais para a atenção de que necessitam; constata-se que a disponibilidade de  serviços e de atendimento são vistos (na cultura local) como favor e não como direito. Observa-se ainda que apenas 30% das mulheres mencionaram conhecer os seus direitos, sendo os mais citados o auxílio doença (13%), o medicamento (13%) e o tratamento (12%), que se apresentam como a tríade mais importante para o enfrentamento da doença, e em torno dos quais mais se foca a assistência às mulheres no âmbito da assistência oncológica. Conclui-se que a condição de mínimo existencial das usuárias de uma unidade pública de saúde e a condição de pertencimento a um baixo estrato social são  variáveis que influenciaram a satisfação das entrevistadas com relação à assistência recebida, mas não se pode negar a importância do Centro de Referência para a assistência às mulheres com câncer de mama para toda a região, bem como a necessidade de se ampliar o olhar em torno da política de assistência oncológica no âmbito local. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DENISE DIAS BARROS - USP
Interno - 1164161 - IRENE ALVES DE PAIVA
Interno - 345835 - JOSE WILLINGTON GERMANO
Externo à Instituição - ROBSON ANTÃO DE MEDEIROS - UFPB
Presidente - 346708 - VANIA DE VASCONCELOS GICO
Notícia cadastrada em: 17/04/2012 09:03
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao