Banca de DEFESA: ANNA WALESKA NOBRE DA CUNHA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANNA WALESKA NOBRE DA CUNHA
DATA: 28/03/2012
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório B do CCHLA
TÍTULO:

UM HOMEM DE SEU TEMPO: A EXPERIÊNCIA PARLAMENTAR DE JOSUÉ DE CASTRO


PALAVRAS-CHAVES:

Trajetória política; Josué de Castro. Nacional-desenvolvimentismo.


PÁGINAS: 291
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Este estudo se propôs conhecer como Josué de Castro, nos dois mandatos de deputado federal, participou do debate político-ideológico brasileiro da década de 1950. Para Isso, pesquisou os 61 discursos proferidos no plenário da Câmara dos Deputados e seus 14 projetos, analisando-os enquanto documentos históricos que relatam uma experiência, categoria central que possibilita o amálgama entre o sujeito e sua época, na qual irrompe as possibilidades de constituição de novas práticas sociais. Unidade entre ação e reflexão, a experiência de Castro no parlamento brasileiro se deu com base em um fluxo anterior de experiências no campo político-institucional e científico. Juntamente com sua trajetória pessoal, o cenário político intelectual da época foi outra variável considerada no primeiro capítulo d este trabalho. No segundo capítulo fez-se uma análise dos 32 discursos e projetos do primeiro mandato de Josué de Castro, agrupando-os por afinidades temáticas. Os 43 referentes ao segundo mandato foram discutidos no terceiro capítulo, restado às considerações finais responder os objetivos da pesquisa: Quais os principais interlocutores? Quais os seus posicionamentos políticos? Quais os pontos de ruptura e continuidade na sua trajetória política? Josué de Castro falava para o Estado brasileiro, diretamente para o presidente, alguns ministros e para a SUDENE, a ONU aparece de modo indireto, por meio do relato de suas participações. O seu posicionamento político foi de um nacional-desenvolvimentista que abraçou as causas da autodeterminação dos povos, antiimperialismo, Reformas Agrária e planejamento regional, fortemente inspirado, por Celso Furtado e San Tiago Dantas. Muitas vezes Castro mesclava terminologias marxistas com liberais, apoiando-se em diversas matrizes ideológicas para sustentar sua luta maior de combate à fome.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 347248 - JOSE ANTONIO SPINELI LINDOZO
Interno - 349734 - JOAO EMANUEL EVANGELISTA DE OLIVEIRA
Interno - 345835 - JOSE WILLINGTON GERMANO
Externo à Instituição - JOSÉ ARLINDO SOARES - UFPB
Externo à Instituição - TÂNIA ELIAS MAGNO - UFS
Notícia cadastrada em: 28/03/2012 07:35
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao