Banca de DEFESA: THIAGO TAVARES DAS NEVES

Uma banca de DEFESA foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: THIAGO TAVARES DAS NEVES

DATA: 09/08/2010

HORA: 14:30

LOCAL: Auditório A do CCHLA

TÍTULO:

Batidas Intensas - corpo e sociabilidade nas festas de música eletrônica em Natal


PALAVRAS-CHAVES:

Corpo. Sociabilidade. Raves. Emoções.


PÁGINAS: 121

GRANDE ÁREA: Ciências Humanas

ÁREA: Sociologia

RESUMO:

O significado do corpo nas festas de música eletrônica como um signo comunicante e sociabilizante entre os participantes é o foco deste trabalho. A pesquisa qualitativa desenvolvida neste estudo procura investigar como a sociabilidade acontece em raves e em casas noturnas na cidade de Natal/RN. A sociabilidade é entendida aqui como uma manifestação lúdica que envolve as dimensões da música, da dança e da festa; já o corpo, partindo de uma abordagem transdisciplinar, é o compreendido como uma instância simbólica, dotada de significações próprias, resultado e produtor do social e como cruzamento entre o cultural e o biológico. O corpo é possuidor de um potencial comunicativo, é mídia primária. Ponto de interseção entre a natureza e a cultura, funciona como a sede das emoções e da sociabilidade, pois, é por meio dele que as relações sociais se efetuam. Nas festas de música eletrônica, o corpo é interpretado com base nos seus signos comunicantes: vestimenta, acessórios, movimentos do corpo, contato tátil, expressões corporais, interações entre o púbico e o dj, entre o dJ e o público, gestos, falas expressivas das emoções. É por meio de tais signos que a comunicação corporal e o sentimento de comunhão entre os participantes ocasionam o desenvolvimento da sociabilidade dentro do local festivo com alteração no estado de humor dos dançantes. O jovem freqüentador das festas de música eletrônica em Natal interage nas festas, adota posturas alegres e receptivas em relação ao outro, realiza bastante contato físico, valoriza a dança como forma de comunicação e elenca a felicidade como o principal sentimento despertado nas festas de música eletrônica. Para se chegar a esse resultado, partiu-se de uma abordagem plurimetodológica, que usou diferentes artifícios metodológicos e diversas técnicas de investigação: observação etnográfica, técnicas de entrevista individual informal, registro fotográfico nos locais de fluxo, entrevista em profundidade e aplicação de trinta questionários aos freqüentadores das festas de música eletrônica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6348127 - JOSIMEY COSTA DA SILVA
Interno - 1149645 - LUCIANA DE OLIVEIRA CHIANCA
Externo ao Programa - 1640014 - MARIA ANGELA PAVAN
Notícia cadastrada em: 14/07/2010 09:40
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao