Banca de DEFESA: SONAYRA KEZIA FELICIO VICTOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SONAYRA KEZIA FELICIO VICTOR
DATA : 28/12/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Videoconferência (https://meet.google.com/ese-cbgn-gxu)
TÍTULO:

REDE DE RELAÇÕES NO PARTIDO POLÍTICO PSOL: UM ESTUDO SOBRE OS CONFLITOS NA ORGANIZAÇÃO PARTIDÁRIA


PALAVRAS-CHAVES:

Partido político; organização; conflito; rede; controvérsia.


PÁGINAS: 128
RESUMO:

O intuito desta pesquisa foi à busca por compreender os conflitos geradores de dissidências interpartidárias e intrapartidária no partido Psol RN, as disputas internas que em grande medida distanciam os membros dos objetivos principiantes. O período de análise desse estudo foi entre 2016 e 2020, pudemos participar e acompanhar o partido nos seus principais eventos: congressos, convenções e eleições. O Psol é um partido político que surge em ruptura com o PT trazendo a proposta de ser uma alternativa à esquerda socialista no Brasil. Isso tem chamado a atenção dos estudiosos, que por meio de uma análise da estrutura organizativa, concluem que o partido não está conseguindo cumprir com as suas promessas. Os estudos sobre os partidos políticos são frequentemente conduzidos pela perspectiva organizacional e resultam em prescrições e diretrizes que essas organizações devem tomar para que alcancem seus objetivos. Entendemos os partidos políticos como organizações complexas que exigem dos pesquisadores outros métodos de análise para a compreensão de suas dinâmicas e transformações. Apresentamos, portanto, uma proposta de investigação da organização partidária pela perspectiva de Rede que nos auxiliou por meio do estudo das controvérsias na compreensão do paradoxo instalado na coexistência da pretensão de unidade partidária com uma realidade intrapartidária arisca à coesão e à coerência. Além do levantamento bibliográfico, elaboramos entrevistas semiestruturadas e abertas, observação participante da autora desta dissertação nos eventos partidários como congressos, convenções e eleições que foram descritos para o registro e compreensão do fenômeno das dissidências. Partindo das experiências vividas pelos partidos de esquerda que são marcadas por uma constante fragmentação, levantamos a hipótese de que não há possibilidade de um partido conseguir atingir seus objetivos finais devido a dinâmica dos conflitos que envolvem as redes de relações, que mudam direções, transformam as organizações, das estratégias que são permanentemente alteradas com o surgimento de novos acontecimentos. Portanto não é possível manter a coerência entre o discurso e a prática, mas a coesão é garantida pelo elemento da promessa, da missão que esses grupos se colocam para a transformação da sociedade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1081965 - CARLOS EDUARDO FREITAS
Interno - 1524290 - ALAN DANIEL FREIRE DE LACERDA
Externa à Instituição - ANDRESSA LIDICY MORAIS LIMA
Notícia cadastrada em: 23/12/2020 16:27
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao