Banca de DEFESA: FRANCISCO CÉSAR NASCIMENTO BELARMINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCO CÉSAR NASCIMENTO BELARMINO
DATA : 20/08/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Videoconferência (https://meet.google.com/cjy-bgio-otf)
TÍTULO:

Análise de Representação Social de Eficiência na Administração Pública – Gestores Públicos Federais e Auditores Federais de Finanças e Controle


PALAVRAS-CHAVES:

Eficiência. Campo Social. Representação Social. Discurso do Sujeito Coletivo – DSC.


PÁGINAS: 105
RESUMO:

A proposta deste trabalho é debater como o conceito de eficiência tem implicações para além de uma relação entre input e output ou ainda uma simples relação financeira na administração pública. Em que pese ser possível identificar cobranças de setores da sociedade por uma eficiência financeira do aparato estatal, compreende-se no trabalho que tal procedimento advém de disputas simbólicas, tendo em vista que o aspecto financeiro assume relevâncias diversas em setores sociais diferentes. Entende-se então a sociedade como sendo formada por um cosmo mais amplo e também constituída por campos sociais que se diferenciam entre si por meio de organizações próprias de valorizações específicas de aspectos econômicos, simbólicos, culturais, dentre outros, por meio das quais os agentes disputam posições (Pierre Bourdieu). Portanto, apesar da preponderância de vinculação ao aspecto econômico, o conceito de eficiência possui também outros aspectos, de maneira que, para além de expressão de uma neutralidade vinculada a uma aplicação técnica, há fortes aspectos simbólicos. Estes aspectos são constituídos socialmente em correlação com dinâmicas que se vinculam a um discurso de dominação decorrente de períodos capitalistas. No caso, o trabalho vislumbra identificar lógicas de práticas do período fordista e da face neoliberal do capitalismo, considerando a relação do Estado com a produção, os métodos de gerência da burocracia privada, a justificação da ação estatal, a relação e o disciplinamento do indivíduo. Diante disso, o trabalho é baseado em pesquisa empírica que busca analisar aspectos da representação social de eficiência na Administração Pública, sendo que o público alvo da pesquisa são Auditores Federais de Finanças e Controle – AFFC – e Gestores de Órgãos Federais do estado do Rio Grande do Norte. Metodologicamente partimos de entrevistas semiestruturadas individuais, nas quais podemos levantar as suas próprias concepções expressas através de representações individuais, para a partir daí  utilizarmos a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo de Lefevre & Lefevre para identificar elementos da representação social de eficiência do público alvo, as quais são analisadas considerando os conceitos de Bourdieu. Como resultado, constatou-se que as representações sociais de eficiência no público alvo compreendem o aspecto financeiro, mas há outros aspectos também.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1475558 - LORE FORTES
Interno - 008.055.544-67 - FAGNER TORRES DE FRANÇA - UFRN
Externo à Instituição - WILLIAM GLEDSON E SILVA - UERN
Notícia cadastrada em: 18/08/2020 13:59
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao