Banca de DEFESA: TIAGO SOUTO BEZERRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TIAGO SOUTO BEZERRA
DATA : 07/08/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência (https://meet.google.com/bug-qhds-oby)
TÍTULO:

A CONDICIONALIDADE ESCOLAR DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NA REGIÃO METROPOLITANA DE NATAL


PALAVRAS-CHAVES:

Condicionalidade escolar do Programa Bolsa Família. Segregação Urbana. Ethos escolar.


PÁGINAS: 168
RESUMO:

Em 2003, entrou em vigor no Brasil o Programa Bolsa Família - PBF a partir da vigência deste programa, famílias em situação de pobreza e extrema pobreza puderam contar com recursos financeiros mensalmente. Para receber o dinheiro a família tem que cumprir condições nas áreas da assistência social, saúde e educação. A condicionalidade escolar consiste na exigência de matricular os filhos na escola e garantir que eles sempre estejam presentes, ou seja, não podem faltar. Essa condicionalidade escolar colabora com outras inciativas que visam combater a exclusão escolar da população em situação de pobreza. A escola enquanto instituição social pode ser analisada sociologicamente por um lado como reprodutora das desigualdades sociais e por outro como criativa e inovadora podendo colaborar para equalização social. A educação formal é um processo que se desenvolve sistematicamente da etapa inicial do ensino infantil, fundamental, médio e superior, ao longo de vários anos. Particularmente a trajetória escolar dos alunos atendidos pelo PBF foi analisada nesta pesquisa de tese a partir da seguinte pergunta: Como a condicionalidade escolar do PBF enquanto regra de permanência no programa pode contribuir na escolarização dos filhos da população mais empobrecida nos municípios da Região Metropolitana de Natal? Tendo como a seguinte hipótese: A condicionalidade da educação do Programa Bolsa Família pode colaborar para o desenvolvimento de um ethos escolar entre os alunos da RMN beneficiários do programa ao longo de sua trajetória na educação básica. Metodologicamente foram analisadas as escolas da RMN com mais de 50% de alunos atendidos pelo PBF quanto ao cumprimento da condicionalidade escolar do programa entre os anos de 2008 e 2016, ou seja, durante toda uma trajetória de 9 anos de ensino fundamental. Os resultados demonstraram que durante esse período, nas escolas analisadas, mais de 90% dos alunos cumpriram a exigência de não faltar às aulas, além disso, registraram uma média de evasão e reprovação, durante esse mesmo período abaixo de 5%. A pesquisa demonstrou ainda que a condicionalidade escolar do PBF colaborou no desenvolvimento do ethos escolar, ou seja, ao promover uma boa vontade em relação à escola, colaborando como fator positivo no processo de inclusão escolar da população em situação de pobreza urbana. Porém a escola não é uma instituição isolada ao, ao contrário, ela se relaciona com as hierarquias sociais e no caso desta pesquisa de tese, a segregação urbana que advém dessas hierarquias, interferem no processo de distribuição das estruturas de oportunidade escolar disponíveis na extensa área de RMN. A qualidade das escolas que atendem os alunos PBF, se diferencia de acordo com as regiões da metrópole, tendo por um lado instituições com programas de suplementação escolar que garante a permanência dos alunos em tempo integral com reforço escolar, aulas de música, artes e educação física, transporte escolar, estruturas de biblioteca, sala de informática, sala de leitura e etc, enquanto que em outras escolas existem apenas salas de aulas e nada mais. Nesse sentido as escolas da RMN não apresentam as mesmas condições de atender um público em situação de extrema pobreza urbana.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6347581 - MARIA DO LIVRAMENTO MIRANDA CLEMENTINO
Interna - 1475558 - LORE FORTES
Externo ao Programa - 1688188 - MOISES ALBERTO CALLE AGUIRRE
Externa ao Programa - 2758574 - SARA RAQUEL FERNANDES QUEIROZ DE MEDEIROS
Externo à Instituição - ANGELO MAGALHAES SILVA - UFERSA
Externa à Instituição - LENINA LOPES SOARES SILVA - IFRN
Notícia cadastrada em: 04/08/2020 11:40
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao