Banca de QUALIFICAÇÃO: PEDRO ARBOÉS NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PEDRO ARBOÉS NETO
DATA : 17/07/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

"UM PROPÓSITO MAIOR": Etnografia do Movimento Empresa Júnior no contexto potiguar


PALAVRAS-CHAVES:

Movimento Empresa Júnior. Empreendedorismo. Empresas Juniores. Sociologia da moralidade. Sociedade Civil. 


PÁGINAS: 92
RESUMO:

Este texto apresenta o andamento de uma pesquisa sociológica sobre valores e ideais morais que constituem a atuação do Movimento Empresa Júnior (MEJ), tendo como recorte empírico o cenário estadual do Rio Grande do Norte – o “MEJ Potiguar”. O Movimento Empresa Junior se constitui como um tipo de associativismo que assume a proposta de difundir as empresas juniores nas universidades e de promover transformações em outras instituições, caracterizando-se como um ator da sociedade civil. A pesquisa buscou compreender as noções de moralidade compartilhadas e mobilizadas pelos estudantes inseridos nesse movimento, tendo como principal recorte a atuação da federação estadual RN Júnior a das empresas juniores situadas na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A pesquisa adotou um método de análise compreensivo e comparativo em relação às práticas e seus sentidos atribuídos pelos atores. As fontes de análise compreendem documentos produzidos pelas federações Brasil Júnior e RN Júnior, observações etnográficas em quatro eventos e entrevistas individuais com estudantes. Os principais referenciais teóricos compreendem a noção de justificação moral (Boltanski e Chiapello, 2009), a relação entre visão de mundo e ética de vida (Weber, 2004) e outras abordagens atentas às conexões entre moralidade e agência (Joas, 2000; Taylor, 2007). Foi possível encontrar recorrências e variações entre categorias morais de boa vida (ou autorrealização) e de boa sociedade (ou bem comum) que constituem as práticas do Movimento Empresa Júnior e a adesão dos seus membros: ideias de vida autêntica e com “propósito”, de “ser um líder”, articuladas com concepções de “universidades melhores”, de “empresas melhores” e de uma “sociedade melhor”. Os aspectos morais da adesão de estudantes encontrados na pesquisa contribuem para compreensão de como o Movimento Empresa Junior, enquanto um ator da sociedade civil que adota o empreendedorismo como agenda na esfera pública, busca promover universalização de seus valores e produzir efeitos normativos nas instituições.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1081965 - CARLOS EDUARDO FREITAS
Externo ao Programa - 1031057 - LUCAS TRINDADE DA SILVA
Externa à Instituição - SIMONE MAGALHÃES BRITO - UFPB
Notícia cadastrada em: 06/07/2020 08:40
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao