Banca de QUALIFICAÇÃO: ERIVANIA MELO DE MORIAIS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ERIVANIA MELO DE MORIAIS
DATA : 18/12/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala A4 do Setor II
TÍTULO:

A FORMAÇÃO DOCENTE EM CIÊNCIAS SOCIAIS: SENTIDOS DA PROFISSÃO DE PROFESSOR CONSTITUÍDOS POR LICENCIANDOS DURANTE O PERCURSO ACADÊMICO (UFRN)


PALAVRAS-CHAVES:

Formação docente; Profissão de professor; Multirreferencialidade; Ciências Sociais; Ensino de sociologia.


PÁGINAS: 149
RESUMO:

As discussões acerca da formação e da profissão de professor em ciências sociais têm ganho espaços profícuos e abarcado diversas reflexões por pesquisadores das áreas da educação e das ciências sociais, assim, este é um debate que se coloca como fundamental, tendo em vista, a sua atualidade, necessitando, de pesquisas, investigações, delimitações e problematizações que nos indiquem suas particularidades, assim como, os sentidos constituídos acerca da profissão de professor no decorrer do percurso histórico e social, bem como, sua apreensão, pelos sujeitos que estão em processo formativo. Desse modo, traçamos como objeto da pesquisa: “Os sentidos da profissão de professor de ciências sociais constituídos durante o percurso formativo por estudantes da licenciatura da Universidade Federal do Rio Grande de Norte/UFRN”, e como objetivo geral: compreender como os licenciandos em processo formativo constituem os sentidos da profissão de professor em ciências sociais. Para desvelá-lo, elencamos os seguintes objetivos específicos: Apresentar os caminhos epistemológicos e metodológicos da pesquisa para nos aproximar do desvelamento do objeto; apontar as políticas de formação de professores sinalizando seus avanços e desafios; Debater acerca da formação no curso de ciências sociais da UFRN, assim como, da profissão de professor; E, elucidar os sentidos da profissão de professor constituídos nos caminhos formativos dos estudantes de ciências sociais da UFRN. Tomamos, desse modo, como lastro epistemológico, a abordagem multirreferencial a partir de Ardoino (1998), Barbosa (1998), Borba (1988) entre outros, que nos conduziram a uma perspectiva teórica plural de análise do nosso objeto, assim, para pensar os sentidos da profissão de professor nos respaldamos em Bernad Lahire (2005;2015), Berger e Luckmann (2012) Bourdieu (1996; 2008), Auge (1994) e para refletir sobre a formação e profissão de professor em ciências sociais, nos aproximamos das discussões problematizadas por Sousa (2016), Moraes (2017), Sarandy (2004), Handfas (2012) Carvalho (2004), Fernandes (1985), Ianne (2011), Freire (2014; 2019), entre outros. A pesquisa assume um caráter metodológico de cunho qualitativo, constituindo-se a partir de recursos plurais, a saber: Análise bibliográfica; Questionário socioeconômico e cultural; Técnica de Associação Livre; Encontros Reflexivos Dialogais; Diário Formativo; e Entrevistas semiestruturadas. Assim, parcialmente podemos sinalizar que esta pesquisa traz em sua composição a relevância de se pensar a formação e a profissão de professores em ciências sociais de modo contextualizado, dialógico e situado, a partir de um olhar plural, se configurando como um processo dinâmico e que se constitui na sua inter-relação com a realidade da prática.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1164161 - IRENE ALVES DE PAIVA
Externa ao Programa - 2507656 - ANA PATRICIA DIAS SALES
Externa ao Programa - 3465197 - ELDA SILVA DO NASCIMENTO MELO
Externo à Instituição - JOAQUIM GONCALVES BARBOSA - UERN
Notícia cadastrada em: 13/12/2019 08:48
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao