Banca de QUALIFICAÇÃO: LEON KARLOS FERREIRA NUNES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEON KARLOS FERREIRA NUNES
DATA : 25/02/2019
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório A do CCHLA
TÍTULO:

A NOVA SOCIEDADE CIVIL CUBANA NO LIMIAR DOS 60 ANOS DA REVOLUÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Cuba; sociedade civil; formação social; modelo de desenvolvimento.


PÁGINAS: 50
RESUMO:

Tendo como marcos fundamentais a ascensão de Raúl Castro em 2008 e o VI Congresso do Partido Comunista de Cuba (PCC) em 2011, Cuba tem passado por um processo paulatino de abertura econômica, em geral apresentada como atualização de um modelo de desenvolvimento burocratizado e ineficiente, gerando profundos efeitos na estrutura socioeconômica do país, com a ascensão de novas classes e frações de classe, e, junto com elas, novas concepções de desenvolvimento. Diante desse quadro, um problema se manifesta: quais são essas classes e frações de classe que formam a nova sociedade civil cubana e como se dá a disputa entre seus interesses? O presente projeto surge com o propósito de responder a essa pergunta, tomando como objetivo geral entender a nova conformação da sociedade civil cubana após uma década de atualização do modelo do desenvolvimento, entendendo-o como um elemento dinâmico e processual da realidade cubana. Os objetivos específicos que nos auxiliarão nessa pesquisa são os seguintes: identificar as classes sociais e frações de classe em Cuba; apontar as principais mudanças econômicas nos últimos dez anos e seus efeitos na formação de uma nova estrutura econômica; localizar as principais deficiências na economia cubana, bem como as diferentes concepções na sociedade civil visando à sua superação; e entender as perspectivas existentes com o fim da Era Castro que se efetivará em 2018. Tomamos como hipótese central a de que as novas classes sociais não são incompatíveis com o atual modelo, mas à medida que assumam papéis crescentes na vida econômica, deve crescer a pressão por uma abertura cada vez mais intensa ao mercado. Essa pesquisa será construída essencialmente a partir de uma revisão bibliográfica acerca dos conceitos de sociedade civil, hegemonia, modelo de desenvolvimento e classes sociais, entre outros, bem como acerca da atual estrutura socioeconômica em Cuba. Periódicos especializados no campo das ciências sociais em Cuba serão muito importantes nesse momento. A ela se soma uma pesquisa documental, com a coleta de dados estatísticos acerca da economia e da sociedade cubana, além de eventuais discursos e resoluções partidárias. Uma pesquisa de campo com entrevistas a diversos segmentos da sociedade civil cubana será uma etapa essencial da pesquisa. Esse projeto se justifica na medida em que se propõe a oferecer uma análise qualificada sobre o atual momento econômico e social de Cuba — maior economia nacional da América Central e do Caribe e principal parceiro brasileiro na região —, que são pouco abordadas ou o são de maneira muito pobre.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6347248 - JOSE ANTONIO SPINELI LINDOZO
Interno - 349734 - JOAO EMANUEL EVANGELISTA DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 1160787 - DOUGLAS ARAUJO
Notícia cadastrada em: 14/02/2019 14:29
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao