Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDRÉ AUGUSTO DE PAULA BARBIERI

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANDRÉ AUGUSTO DE PAULA BARBIERI
DATA : 20/04/2018
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório C do CCHLA
TÍTULO:

Fim de ciclo do governo pós-neoliberal no Brasil: O PT, das "Jornadas de Junho" ao golpe institucional


PALAVRAS-CHAVES:

América Latina. Governos pós-neoliberais. Brasil. Golpe institucional. Dilma Rousseff. Luiz Inácio Lula da Silva. Partido dos Trabalhadores.


PÁGINAS: 170
RESUMO:

A América Latina vive um “fim de ciclo” dos governos chamados “progressistas” ou “pós-neoliberais”. Esse conjunto heterogêneo de forças políticas chegou aos postos de governo fruto do desgaste dos partidos neoliberais nos anos 1990 e da crise econômica latinoamericana de início dos anos 2000. Forças políticas que se autodenominavam “nacional e populares” como o kirchnerismo na Argentina, o chavismo na Venezuela, o evomoralismo na Bolívia e o petismo no Brasil assumiram a presidência destes países com um programa de redistribuição de renda e inclusão social, com o objetivo de assimilar os movimentos de resistência à ofensiva neoliberal no seio de um programa de colaboração com o setor do empresariado nacional. Neste projeto, queremos examinar as razões que explicam a reversão do quadro pós-neoliberal[1] no Brasil, que resultou, ainda que num processo impregnado de contradições, no reposicionamento das forças políticas tradicionalmente pertencentes ao espectro da direita: os mesmos partidos que encabeçaram a ofensiva neoliberal anteriormente. Sintetizando o objetivo da pergunta que queremos responder neste projeto, poderíamos dizer: por que a direita neoliberal brasileira conseguiu usurpar, sem grande resistência, os votos de milhões e aplicar, por meio de um golpe institucional, um programa que foi rechaçado nas eleições de 2014? Nossa ênfase será o estudo do PT no Brasil no período de 2013-2016, com o ponto de inflexão das Jornadas de Junho até o golpe institucional. Usaremos bases bibliográficas da tendência marxista de pensamento como referência, assim como escritos e documentos sobre o PT.

 

[1] O termo “pós-neoliberal” se refere aos governos que surgiram nos distintos países da América Latina no início do século XXI fruto das consequências do desgaste com a década neoliberal dos 1990, governos esses – como o do PT no Brasil – que contiveram o descontentamento social nos limites da sociedade capitalista, assimilando algumas reivindicações e enquadrando as expectativas de melhoria social nos marcos de uma estratégia reformista de conciliação entre capital e trabalho. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1517561 - GABRIEL EDUARDO VITULLO
Externo à Instituição - GONZALO ADRIAN ROJAS - UFCG
Interno - 414603 - HOMERO DE OLIVEIRA COSTA
Externo à Instituição - JORISSA DANILLA NASCIMENTO AGUIAR - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 17/04/2018 12:29
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao