Banca de DEFESA: CATARINA DA SILVA SOUZA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CATARINA DA SILVA SOUZA
DATA: 29/04/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório de Antropologia (Sala C-5 do Setor II)
TÍTULO:

O CONHECIMENTO EM ADMINISTRAÇÃO: UMA CARTOGRAFIA DAS PERSPECTIVAS EPISTEMOLÓGICAS 


PALAVRAS-CHAVES:

Conhecimento em Administração. Cartografia simbólica. Epistemologia do conhecimento. Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração (2011-2015).


PÁGINAS: 185
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Estudam-se as perspectivas epistemológicas da produção do conhecimento em Administração, que parece receber sobremodo influências de uma colonialidade do pensamento, que subjaz a outras possibilidades de visões, numa perspectiva mais crítica e reflexiva acerca das questões organizacionais e suas implicações no contexto sociocultural, expressas tanto nos itinerários das ideias, como na lógica produtivista do pensamento linear, bem como na formação utilitarista dos cursos das escolas superiores. Têm-se como objetivo elaborar uma cartografia simbólica das ideias do conhecimento em administração na tentativa de identificar aproximações com o conhecimento regulação, mas também pistas de aproximações com o conhecimento emancipação. Propõe-se mapear as perspectivas epistemológicas do conhecimento em Administração no Brasil, tendo como aporte teóricoepistemológico autores clássicos e contemporâneos que discutem a descolonização do pensamento, destacando-se a proposta de Boaventura de Sousa Santos ao trabalhar como contraponto a esse colonialismo hegemônico a “epistemologia do sul”, complementada por outros referentes epistêmicos de Santos, quais sejam os conceitos de Sociologia das Ausências, Sociologia das Emergências, Ecologia dos saberes, e Tradução, além de referentes de outros autores do movimento Modernidade/Colonialidade. Para compreender a constituição desse conhecimento, examina-se, como campo empírico, as experiências encontradas no Colóquio Internacional de Epistemologia e Sociologia da Ciência da Administração (2011-2015). Enquanto estratégia de pesquisa configuram-se os dados da pesquisa empírica em uma cartografia simbólica, conforme proposta por Santos (2009), por ela permitir a demonstração das “[...] virtualidades analíticas e teóricas de uma abordagem sociológica que tome por matriz de referência a construção e a representação do espaço”. Constata-se que embora haja uma atualização das perspectivas epistemológicas do conhecimento em administração, estas ainda são alinhadas ao conhecimento regulação; todavia verificam-se aproximações ao conhecimento emancipação. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANIELSON BARBOSA DA SILVA - UFPB
Externo à Instituição - JOSELITO SANTOS - FIP
Externo ao Programa - 6350673 - MARIA TERESA PIRES COSTA
Interno - 1149447 - NORMA MISSAE TAKEUTI
Presidente - 128.529.294-49 - VÂNIA DE VASCONCELOS GICO - UFRN
Notícia cadastrada em: 18/04/2016 09:22
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao