Banca de QUALIFICAÇÃO: RODRIGO VIANA SALES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RODRIGO VIANA SALES
DATA: 29/01/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Reuniões do DCS
TÍTULO:

A VIA POÉTICA: Uma educação para o reencantamento do mundo


PALAVRAS-CHAVES:

Via Poética; Educação infantil séries iniciais; Imaginação utilitarista e imaginação poética; Educação dos sentidos; Reencantamento do mundo.


PÁGINAS: 48
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
SUBÁREA: Outras Sociologias Específicas
RESUMO:

Neste estudo, pretedemos propor uma pedagogia inspirada nos escritos de Gaston Bachelard. O referido autor, apesar de não ter escrito diretamente sobre esta temática, suscitou em vários fragmentos de sua obra pensamentos sobre uma educação poética, ou imagética. Para isto, temos como pressuposto, que a modernidade privilegiou ou modo de pensamento do Logos sobre o Mythos, impondo o pensamento prosaico e conceitual, pretensamente ascético, sobre o poético e mais afeito ao campo imaginário, sensível e imagético. Esse processo de racionalização e Desencantamento do mundo (Weber) alcançou, dentre outras esferas sociais, a educação, e em particular, a educação infantil. Poderia se dizer em outras palavras: as nossas escolas ensinam poesia mais para métrica e estética e menos para liberdade e devaneio, mais para o condicionamento que para felicidade; impondo: mediação, assepsia, controle, condução, orientação, finalidade, numa atribuição calculada, pretensamente quantificável e sempre racionalizada pelo educador mediador. Na nossa leitura, percebemos podemos propor uma via póética para educação e defender uma pedagogia bachelardiana, articulada com um novo projeto de sociedade que dialoga com uma reforma do pensamento moraniana. Ou seja, uma pedagogia que dê vasão as imagens poéticas e propulsoras de devaneios, contribuir para uma educação para o imaginário, ligada sobretudo ao a um equilíbrio entre Mythos e Logos, servindo assim para estimular um reencantamento do mundo, não em um sentido de tornar a explicar todos os fenômenos através de narrativas sobrenaturais, mas numa busca de investir de fato na unidualidade e plenitude do humano, dotado das dimensões prosaica e poética (Morin), analítica e analógica (Gomes), almejando uma educação para rejunção, integralidade e felicidade. . 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149568 - ANA LAUDELINA FERREIRA GOMES
Externo ao Programa - 1149403 - ADAILSON TAVARES DE MACEDO
Externo à Instituição - VICTOR HUGO GUIMARÃES RODRIGUES - FURG
Notícia cadastrada em: 26/01/2016 15:15
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao