Banca de DEFESA: CICERA ANDRADE FERREIRA DE LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CICERA ANDRADE FERREIRA DE LIMA
DATA: 19/02/2016
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório C do CCHLA
TÍTULO:

PRÁTICAS E SIGNIFICADOS DA POLÍTICA EM CONTEXTO DE CAMPANHAS ELEITORAIS: UMA ANÁLISE DAS ELEIÇÕES EM ARARIPE-CE (2008 - 2012)


PALAVRAS-CHAVES:

 

Tempo de Política; Identidades Políticas; Araripe.

 


PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Ciência Política
SUBÁREA: Comportamento Político
ESPECIALIDADE: Atitude e Ideologias Políticas
RESUMO:

O trabalho de dissertação centra-se na análise e intepretação de contextos eleitorais municipais, com ênfase na sua produção simbólica e cultural, realizado em Araripe, município do Cariri Cearense, com recorte de pesquisa nos processos de campanhas eleitorais de 2008 e 2012, conforme o próprio calendário eleitoral brasileiro, assim como também, no momento desencadeado pelo processo de cassação do mandato do prefeito eleito no pleito de 2012. A investigação situa-se no campo temático, denominado, antropologia da política, qual parte da perspectiva de que a campanha eleitoral constitui-se como ritual simbólico, portanto, possível de ser interpretado pela ótica da cultura. Para tanto, a pesquisa se apoia teórico-metodologicamente na categoria analítica “Tempo de Política”, desenvolvida por Palmeira e Herédia (1997), conceito que evidência uma forma bastante particular de se pensar a política a partir das crenças e sentimentos vivenciados e partilhados durante o ritual de eleição. Nesse sentido, cada um dos capítulos que compõe a dissertação, apesar de se referirem a momentos bastante situados dentro do contexto político local encontra-se interligado aos demais por fios de significados que foram sendo tecido durante o processo de construção da pesquisa, assim como também o é, o próprio cotidiano produzido pelo momento eleitoral. Todo o trabalho realizado se apoia no método conhecido nas Ciências Sociais, em especial, na antropologia, por observação participante, realização de entrevistas e análise de material de campanha, produzidos e circulados, tanto no âmbito da vida prática como no espaço virtual (internet). A investigação apresenta como resultado relevante, a discussão acerca da produção de identidades políticas durante os momentos eleitorais, verificadas a partir das categorias “pé branco” e “pé roxo”, espécie de identidade móvel (HALL, 2006), requeridas durante disputas políticas, como forma de distinguir, portanto, de diferenciar os grupos políticos. Observou-se ainda, o aspecto personalista da política, considerando o contexto local. E consequentemente, analisou-se o processo de ressignificação da prática política a partir da inserção de novas mídias sociais. De maneira que a partir do trabalho de investigação empírica pode ser considerado que a inserção de novos elementos (novas mídias sociais) nos processos eleitorais tem transformado significativamente a prática política, portanto, transformado o “tempo da Política”, que na condição de conceito eminentemente cultural tem se modificado na proporção em que a cultura se constrói como prática simbólica.

.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 414603 - HOMERO DE OLIVEIRA COSTA
Interno - 6347248 - JOSE ANTONIO SPINELI LINDOZO
Externo à Instituição - RODRIGO FREIRE DE CARVALHO E SILVA - UFPB
Notícia cadastrada em: 26/01/2016 10:31
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao