Banca de DEFESA: TARCISIO DUNGA PINHEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TARCISIO DUNGA PINHEIRO
DATA: 29/01/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório C do CCHLA
TÍTULO:

ENTRE ELAS: políticas públicas e cidadania de travestis e mulheres transexuais de uma ONG em Natal/RN


PALAVRAS-CHAVES:

Gênero. Sexualidade. Cidadania. Natal.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
SUBÁREA: Outras Sociologias Específicas
RESUMO:

O cerne dessa investigação ancora-se na análise da relação entre as experiências e vivências de travestis e mulheres transexuais e a categoria cidadania na cidade de Natal. Para isso, foram analisados, num primeiro momento, os desdobramentos incutidos na pauta de atuação de uma Organização Não Governamental da cidade, a Atransparência. Num segundo, e mais importante, momento, foram acompanhados os reflexos dessas ações no cotidiano de travestis e mulheres transexuais da cidade que pertenciam a ONG. Metodologicamente, o trabalho é caracterizado como sendo uma pesquisa qualitativa, com desdobramento etnográfico, possibilitada através de entrevistas com questionários semiestruturados. A análise dos achados da pesquisa foi possibilitada a partir da análise do discurso (Foucault, 1996), assim como da análise qualitativa de conteúdo (Caregnato e Mutti, 2006). Teoricamente, foi feito o exercício de pensar a teoria queer coadunando-a com a perspectiva da crítica ao eucorêntrismo do poder e do saber, com destaque basilar à relação entre teóricos queers nacionais – Bento (2014), Miscolci (2014), Pelúcio (2014) e Pereira (2012) -, e autores descolonialistas, tais como Mignolo (2008) e Quijano (2005)


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANTÔNIO VLADIMIR FÉLIX DA SILVA - UFPI
Presidente - 1688114 - BERENICE ALVES DE MELO BENTO
Externo ao Programa - 1753033 - CARLA GIOVANA CABRAL
Notícia cadastrada em: 15/01/2016 16:23
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao