Banca de QUALIFICAÇÃO: TARCÍSIO FAGNER ALEIXO FARIAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TARCÍSIO FAGNER ALEIXO FARIAS
DATA: 06/06/2014
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de Reuniões do DCS
TÍTULO:

Trabalho e emancipação: reações entre as bases epistemológicas e a perspectiva política de Karl Marx


PALAVRAS-CHAVES:

Trabalho - epistemologia - luta de classes.


PÁGINAS: 182
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Ciência Política
SUBÁREA: Teoria Política
ESPECIALIDADE: Teoria Política Moderna
RESUMO:

A tese tem por objetivo contribuir para os estudos da epistemologia revolucionário de Karl Marx. Entendendo o trabalho como ponto de partida epistemológico chave, pretende-se demonstrar o caráter objetivo e subjetivo desta categoria e como ela repercute no conjunto das categorias utilizadas por ele na análise das sociedades. O trabalho é categoria mais universal que exprime a condição humana de um ser ativo e consciente, capaz de dispor dos elementos naturais para elaborar a sua própria vida. Todavia os homens encontram sempre determinadas condições naturais e sociais dadas que limitam a sua liberdade. Quando se trata de analisar sociedades específicas entram em cena outras categorias que exprimem a condição humana sob a ação de determinadas forças externas, como a propriedade privada  ou o mercado. Para superar determinadas condições humanamente degradantes Marx encontra também no trabalho os elementos chaves da luta política e defende que a luta política efetiva é uma luta de classes, das quais se destacam a classe trabalhadora e a classe proprietária. A sociedade é um  processo de síntese entre as condições historicamehte dadas e a ação dos individuios que dentro de cada contexto possuem sempre uma esfera de liberdade para agir. Com sua teoria Marx pretende fornecer aos trabalhadores elementos que permitam a este direcionar sua lutas em direção ao "reino da liberdade" ou "associação de indivíduos livres", uma sociedade futura que deve realizar o aspecto positivo do trabalho. A concepção do trabalho como uma atividade da liberdade é o ponto de partida epistemológico que só a política pode realizar, pois para realizar é preciso superar as forças estranhas que têm condicionado a atividade humana desde os primordios da civilização.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 414603 - HOMERO DE OLIVEIRA COSTA
Interno - 1149332 - LINCOLN MORAES DE SOUZA
Externo ao Programa - 1913687 - CESAR SANSON
Notícia cadastrada em: 29/05/2014 15:23
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao