Banca de DEFESA: LIA HECKER LUZ

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LIA HECKER LUZ
DATA: 29/05/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório B do CCHLA
TÍTULO:

 

O RENASCIMENTO DO PARTO E DA (REINVENÇÃO DA) EMANCIPAÇÃO SOCIAL NA BLOGOSFERA BRASILEIRA: CONTRA O DESPERDÍCIO DAS EXPERIÊNCIAS



PALAVRAS-CHAVES:

 

Canais alternativos de comunicação - Blogs. Modelos de assistência ao parto. Humanização do parto. Sociologia das ausências e das emergências. Cartografia simbólica.



PÁGINAS: 154
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

 

Discute-se, à luz de referenciais teóricos clássicos e contemporâneos das ciências sociais, os modelos de assistência ao parto, pondo em relevo o parto humanizado. Particularizam-se os referentes da dupla espiral da sociologia das ausências e da sociologia das emergências, assente, de um lado, na tradução de experiências de conhecimentos, e de outro, na tradução de experiências de comunicação e informação, ao mostrar o movimento que se articula entre mulheres brasileiras em blogs que defendem e dão visibilidade a iniciativas de recuperação do parto natural e humanizado. Realiza-se uma cartografia das ideias temáticas presentes na literatura sobre o parto, resultando na elaboração de mapa síntese dos modelos de assistência obstétrica na contemporaneidade, apontando-se as consequências do modelo que se tornou hegemônico nas sociedades contemporâneas e contrapondo-o a outros modelos de atenção ao nascimento que funcionam eficazmente para mães e bebês. Configura-se uma cartografia simbólica do ativismo pela humanização do parto na blogosfera brasileira, mediante elaboração de mapa analítico com síntese das principais bandeiras defendidas pelo movimento: Parto Domiciliar Planejado (PDP); Parto normal humanizado; e Contra a violência obstétrica. A sobreposição do mapa com os modelos de assistência obstétrica e do mapa analítico do renascimento do parto aponta ser necessário reforçar três medidas principais para possibilitar uma virada paradigmática na assistência ao parto na contemporaneidade: desnaturalizar a violência obstétrica, ao mostrar como procedimentos e intervenções de rotina são formas de agressões que colocam em xeque a autonomia, o protagonismo e o respeito à mulher; pavimentar o caminho para a assistência humanizada ao parto normal, ao defender e dar visibilidade a práticas e a profissionais que atuam de acordo com a medicina baseada em evidências, respeitando a fisiologia do parto; e reforçar iniciativas de parto domiciliar planejado, local mais viável para ocorrência das experiências holísticas de nascimento. Conclui-se que as ferramentas da Internet têm permitido uma mobilização inédita em prol do respeito aos direitos reprodutivos das mulheres no Brasil. O potencial de biopotência da multidão que reside na blogosfera pode se revelar de maneira inédita, tornando tais canais em hegemônicos enquanto vias alternativas para alcançar novas formas mais democráticas de organização social. Nessa condição de virtualmente hegemônicos na contestação do poder estabelecido, os blogs configuram-se, assim, em canais com grande potencial contra-hegemônico para o renascimento do parto e da (reinvenção) da emancipação social, na medida em que se articulam e se organizam para combater o desperdício das experiências, buscando criar inteligibilidade recíproca entre diferentes experiências de mundo.



MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2475502 - ITAMAR DE MORAIS NOBRE
Interno - 345835 - JOSE WILLINGTON GERMANO
Externo à Instituição - LIGIA MOREIRAS SENA - UFSC
Externo à Instituição - REJANE MARIE BARBOSA DAVIM - UFRN
Externo à Instituição - REJANE MILLIONS VIANA MENESES - UNI-RN
Presidente - 346708 - VANIA DE VASCONCELOS GICO
Notícia cadastrada em: 14/05/2014 14:38
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao