Banca de DEFESA: JOSE ROMULO DE MAGALHAES FILHO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE ROMULO DE MAGALHAES FILHO
DATA: 30/05/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório A - CCHLA
TÍTULO:

A CONSTRUÇÃO DE UM ESTILO DE VIDA: FAMÍLIA E RELAÇÕES DE GÊNERO NA PARTICIPAÇÃO DO PROJETO ÉTICO-POLÍTICO RENOVADO


PALAVRAS-CHAVES:

 Pentecostalismo; Relações de Gênero; Estilo de Vida; Família; Igreja Presbiteriana Renovada.


PÁGINAS: 180
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Antropologia
RESUMO:

Este estudo busca articular três temas distintos: pentecostalismo, relações de gênero e família a partir da interpretação de dois conceitos complementares: estilo de vida e projeto ético político. O universo estudado foi a Igreja Presbiteriana Renovada de Aracaju e seus membros e liderança surgem como sujeitos desta pesquisa. As informações coletadas no espaço virtual e no material institucional, aliadas às observações de campo e às entrevistas, somam-se ao referencial teórico lido e sistematizado para a construção deste texto e defesa do seguinte argumento central: há um estilo de vida renovado, marcado pela definição clara dos papéis exercidos pelo homem e pela mulher que se impõe como parte de um projeto ético-político pentecostal. Assim, este texto discute a prática da supremacia masculina e sua manifestação nas celebrações e nos materiais institucionais desta igreja pentecostal neoclássica. Ainda aponta quais os elementos fundantes do chamado estilo de vida renovado e discute a influência das concepções de masculino e feminino na formação desteestilo de vida. Ao avaliar o projeto ético-político desta comunidade pentecostal percebeu-se que há um movimento de construção de uma sociedade fundamentada em princípios conservadores e que tem como fundamento e valores a obediência, a ordem, o modelo centrado na família monogâmica e heterossexual e a meritocracia. Estes valores têm uma base religiosa (a Bíblia Cristã), mas também uma orientação de manutenção de uma sociedade comprometida com o capital e que precisa de uma população satisfeita com sua condição. A presença do discurso conservador nas comunidades evangélicas pentecostais, somado ao crescimento em proporções geométricas nos leva a pensar de forma mais específica como se comportarão os outros segmentos da sociedade diante da iminência de um Estado Cristão Evangélico no Brasil. Não é algo que se apresente como irreal ou hipotético, mas de possibilidades concretas. O projeto ético-político renovado se apresenta como alternativa a uma sociedade perdida em seus referencias éticos. Apresenta-se como uma sociedade digna de se viver.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149569 - ELISETE SCHWADE
Interno - 349700 - LUIZ CARVALHO DE ASSUNCAO
Interno - 1117908 - MARIA LUCIA BASTOS ALVES
Externo à Instituição - IRENE DE ARAUJO VAN DEN BERG - UERN
Externo à Instituição - JONATAS SILVA MENESES - UFS
Notícia cadastrada em: 09/05/2014 17:09
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao